Fale Conosco

7 de maio de 2015

Governo do Estado prepara mutirão de cirurgias de catarata no Hospital Regional de Itabaiana



Nesta sexta-feira (8), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), prepara mutirão de cirurgias de catarata no Hospital Regional Sebastião Rodrigues de Melo, em Itabaiana. De início, serão realizadas as consultas de triagem para, então, marcar o dia da realização das cirurgias. A ação é uma iniciativa da SES-PB e a unidade de Itabaiana foi citada como referência para a realização dos procedimentos.

De acordo com a diretora geral da unidade, Gilvânia Alves, a triagem é de extrema importância para conhecer os pacientes e suas necessidades. “Os exames começarão às 9h e serão realizados pelo oftalmologista Leonardo Feitosa Filho. Serão feitos teste de glicemia, coagulograma, triglicerídeos, hemograma e o risco cirúrgico. Após a triagem, com todos os exames prontos, será agendado o dia da cirurgia”, informou.

Gilvânia disse ainda que a expectativa é que pelo menos 120 pacientes sejam beneficiados. “Usuários de 14 cidades da 12ª Gerência Regional de Saúde serão beneficiados: Itabaiana, Mogeiro, Ingá, Pedras de Fogo, Juripiranga, Itatuba, Pilar, São Miguel de Taipu, Juarez Távora, São José dos Ramos, Caldas Brandão, Gurinhém, Riachão do Bacamarte e Salgado de São Félix”, adiantou.

Catarata – A catarata é um processo de opacificação do cristalino, que é uma lente natural dos olhos localizada atrás da íris. Essa lente (cristalino) é normalmente clara e transparente. Com o aparecimento da catarata, ela se torna opaca e impede a passagem dos raios luminosos que formam a imagem no fundo do olho.

O único tratamento eficaz para a catarata é a cirurgia, não existindo colírios ou óculos que eliminem a doença. A cirurgia utiliza um laser e facoemulsificação. São feitas incisões no olho para introdução de uma cânula no globo ocular, ligada a um equipamento que aspira e dilui a catarata.

Sobre o Hospital Regional de Itabaiana – O Hospital Regional de Itabaiana iniciou o seu funcionamento em 17 de agosto de 2010, com o objetivo de prestar assistência de média complexidade aos 14 municípios da 12ª Regional de Saúde.

Por mês, são realizados cerca de 6 mil atendimentos. Em abril foram realizados 3100 atendimentos de Urgência em Atenção Especializada, 1800 atendimentos médicos em Atenção Especializada, 90 partos, 45 em clínica média, 45 em clínica eletiva, 18 cirurgias gerais, 10 curetagens, 800 exames de raio-X, 64 ultrassonografias e 128 atendimentos com cardiologista.