Fale Conosco

11 de junho de 2014

Governo do Estado perfura mais de 700 poços em áreas rurais e urbanas dos municípios



O Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Recursos Minerais (CDRM), dentro do conjunto de ações que visam amenizar os efeitos da estiagem, perfurou este ano 260 poços artesianos. Nos últimos três anos e meio, foram perfurados 740 poços. A ação, que envolve quatro equipes com perfuratrizes, tem parceria com os municípios.

Os recursos do Estado atingem, atualmente, mais de R$ 400 mil mensais na perfuração dos reservatórios. Os municípios contribuem com os equipamentos para instalação e funcionamento de cada unidade perfurada, a exemplo de cata-vento, bombas, entre outros materiais.

De acordo com o presidente da CDRM, Marcelo Falcão, os poços perfurados e já em funcionamento nas zonas rurais e nas sedes dos municípios, se constituem em equipamentos essenciais também para as comunidades quilombolas. Até março passado, os investimentos na perfuração e instalação dos equipamentos somavam mais de R$ 3,4 milhões em recursos.