João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado participa de seminário sobre danos causados pelas chuvas em Cabedelo

sexta-feira, 1 de abril de 2011 - 17:04 - Fotos: 

O Governo do Estado e parceiros promovem até segunda-feira (4), em Cabedelo, o 1º Workshop Seminário SOS Cabedelo. O evento foi aberto na manhã desta sexta-feira (1º) no Teatro Santa Catarina e objetiva discutir e elaborar ações de emergências pela Defesa Civil e pela Rede Solidária SOS Cabedelo. O secretário de Estado da Infraestrutura, Efraim Morais, participou da abertura do Workshop representando o governador Ricardo Coutinho.

Nos quatro dias do evento o Governo Estadual terá participação da Defesa Civil, secretarias de Planejamento, Meio Ambiente, Educação e Saúde, Aesa, UEPB, Cia Docas da Paraíba, Corpo de Bombeiros e Sudema. O seminário é realizado pela Agência de Desenvolvimento Sustentável da Paraíba (ADESPB), ONG que tem sede em Cabedelo mas que atua em diversos municípios. A prefeitura de Cabedelo e a Assembleia Legislativa também são promotoras do seminário.

O secretário da Infraestrutura ressaltou que o Governo da Paraíba, por recomendação do governador, está presente ao evento para dar todo apoio e assegurou que levantamentos estão sendo feitos e projetos serão elaborados visando ações preventivas para que Cabedelo não sofra mais com áreas alagadas em períodos de chuvas. Ele afirmou que o Estado buscará recursos junto ao Governo Federal para prevenir e evitar maiores danos durante eventuais desastres naturais não só em Cabedelo mas em qualquer município paraibano.

Efraim Morais revelou que a sociedade cabedelense está de parabéns pela iniciativa do seminário, que tem o apoio de instituições diversas, incluindo o Governo do Estado. “A prevenção é a mais importante ação para que não ocorram inundações e outros problemas que afetam as populações”, revelou. O secretário lamentou o fato de apenas seis prefeitos paraibanos terem respondido às informações solicitadas pela Secretaria de Infraestrutura com relação às medidas preventivas sobre pontos críticos em cada cidade. Lembrou que todo município deve ter a sua Defesa Civil e que isto é lei federal.

O coordenador da Defesa Civil Etadual, coronel Rufino, fez uma exposição sobre o que a população deve fazer em caso de inundações. Ele destacou que eventos como o Seminário SOS Cabedelo devem ser realizados para cada vez mais a população ser informada e, assim, se conscientizar sobre seus direitos e saber como agir diante de desastres naturais.
    
Darluza Braga, representante da organização não-governamental ADESPB, agradeceu a participação do Governo da Paraíba no evento e revelou que o seminário terá como resultado soluções técnicas temporárias e definitivas para a problemática de enchentes em Cabedelo e que incluem o comitê de enchente, o plano de combate à enchente de Cabedelo, alerta tecnológico e o fortalecimento de entidades não-governamentais.