João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado participa de evento do Unicef em João Pessoa

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015 - 16:37 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), participou na manhã desta quarta-feira (9), no Hotel Ouro Branco, em João Pessoa, da abertura da reunião de avaliação da implementação do Selo Unicef Município Aprovado Edição 2013-2016 em 117 municípios paraibanos. Na ocasião, houve a apresentação de alunos do Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima), do Governo do Estado.

A representante da Sedh no evento, Tatiane Campos, destacou que o Governo tem sido parceiro do Selo Unicef com a doação de carros para os conselhos tutelares dos municípios que ganharam o selo na edição anterior. Ela ressaltou ainda que o Governo, por meio da Sedh, tem um olhar atento para as causas sociais que elevam a qualidade de vida da população, assim como a garantia de direitos.

A reunião de avaliação da Unicef foi um momento de troca de informações e experiências sobre as ações estratégicas de políticas públicas e participação social que os municípios vêm desenvolvendo ao longo do período de 2013-2015. Na ocasião, também foram debatidos os passos a serem dados pelos municípios em 2016.

O evento contou com a participação de prefeitos, secretários de Saúde, Educação e Assistência Social, os articuladores municipais do Selo, representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de cada município, além dos jovens representantes do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (Nuca) de cada localidade.

O SELO – O Selo Unicef Município Aprovado é um reconhecimento internacional do Unicef ao esforço dos municípios inscritos no cumprimento das suas políticas públicas voltadas para a infância e adolescência. Ele busca universalizar direitos e melhorar a qualidade de vida das crianças e dos adolescentes dos municípios brasileiros que se encontram na região do semiárido e na Amazônia Legal. Visa também contribuir para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e das Metas Pós-2015 e reduzir as desigualdades regionais do País.