Fale Conosco

21 de agosto de 2015

Governo do Estado lança sala de aula virtual nesta sexta-feira



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), em parceria com a Google for Education, lança às 16h desta sexta-feira (21) o Google Sala de Aula.
A ferramenta pode ser acessada a partir desse horário, por meio do canal: https://www.youtube.com/channel/UC17qxZUKb3lfsxXen3JbVkA. Professores e alunos da rede estadual estão convidados a cadastrar-se no ambiente, por meio de login e senha, informados pela escola onde trabalham, para criar uma sala de aula virtual e ainda concorrer a prêmios. No dia 28 de agosto, um desafio será lançado no Google Sala de Aula para todos os cadastrados. Os que responderem vão concorrer a quatro chromebooks (notebook da Google), sendo dois para alunos e dois para professores.

O Google Sala de Aula foi desenvolvido para auxiliar os professores a elaborar aulas mais atrativas, criar e receber tarefas sem usar papel, além de muitos outros benefícios. A Paraíba é o primeiro Estado do Nordeste a firmar parceria com o Google para que alunos, professores e funcionários da rede estadual de ensino tenham acesso a um conjunto de ferramentas para utilização no processo de ensino-aprendizagem.

A ideia é que os alunos passem a usar mais ferramentas online no processo ensino-aprendizagem, inclusive criando, interagindo com os professores e colegas. O Google já atua com essas ferramentas da educação em vários países do mundo e hoje já são 50 milhões de usuários. No Brasil a parceria com o Governo do Estado de São Paulo envolve 4,5 milhões de usuários e é o segundo maior programa do Google Educação no Mundo.

De acordo com o secretário de Estado da Educação Aléssio Trindade, o Governo do Estado tem um compromisso muito forte na valorização do magistério e já vinha implantando tecnologia nas escolas, com as aulas de robótica, de matemática aplicada e com a distribuição de tablets para os alunos da rede pública. “Os alunos vão conhecer essas tecnologias, saber como elas são aplicadas no mundo real e, a partir daí, vão se motivar para escolher profissões vinculadas a essas ações”, afirmou Aléssio.

Como funciona - Os professores podem adicionar alunos diretamente ou compartilhar um código com a turma para que os alunos possam se inscrever no produto. A configuração leva apenas alguns minutos. A partir disso um fluxo simples e digital permite que os professores criem, corrijam e pontuem tarefas rapidamente em um só lugar, fazendo com que os alunos possam ver todas as tarefas em uma página específica, e todos os materiais didáticos são arquivados automaticamente em pastas no Google Drive.

O Google Sala de Aula permite ainda que os professores enviem comunicados e iniciem discussões instantaneamente. Os alunos podem compartilhar recursos com colegas e responder a perguntas no fluxo.  Como os demais serviços do Google Apps for Education, o Google Sala de Aula não contém anúncios, nunca usa seu conteúdo ou os dados de alunos para fins publicitários e é gratuito para escolas.