Fale Conosco

25 de novembro de 2011

Governo do Estado institui comitê Estadual de combate à dengue



A Paraíba já tem o seu Comitê Estadual de Combate à Dengue. O serviço foi oficializado pela Portaria 808, de 18 de novembro de 2011, assinada pelo secretário da Saúde, Waldson de Souza, e publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (25). O Comitê tem a finalidade de ampliar as ações voltadas ao combate à doença e leva em consideração, entre outras coisas, a articulação intersetorial/interinstitucional, que, segundo o secretário, é de fundamental importância para o controle da doença e para a necessidade de todos os segmentos da sociedade contribuírem no combate à dengue e ter consciência da sua co-responsabilização no processo.

De acordo com a Portaria, compete ao Comitê, entre outras coisas, propor ações de educação em saúde e mobilização social para o combate à doença, acompanhar e avaliar a implementação das ações previstas para o combate à patologia no Plano de Contingência estadual, submeter à apreciação e aprovação do Secretário de Estado da Saúde as deliberações oriundas das reuniões do Comitê Estadual e encaminhar relatórios, para conhecimento, à Comissão Intergestores Bipartite-CIB.

O Comitê Estadual será coordenado pela Gerência Executiva de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES) ou seu substituto, e os seus membros se reunirão bimensalmente ou quando convocado extraordinariamente pelo seu coordenador.  O órgão poderá convidar participantes não formalmente instituídos como membros da sua composição para prestar assessoria técnica na discussão de temas que por ventura sejam pautados.

Composição – O Comitê Estadual de Mobilização contra a Dengue será composto por membros (titular e suplente) que representarão segmentos do poder público de acordo com a composição, como a Gerência Executiva de Vigilância em Saúde, Gerência Executiva de Atenção à Saúde; Gerência Executiva de Regulação; Gerência Operacional de Vigilância Epidemiológica; Gerência Operacional de Vigilância Ambiental; Gerência Operacional de Respostas Rápidas; Urgência e Emergência; Núcleo de Entomologia; Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems); Cagepa; Defesa Civil do Estado; Secretaria de Educação do Estado; Corpo de Bombeiros; Funasa; Agevisa; Suplan; Sudema; Secretaria de Comunicação Social; e Exercito Brasileiro/Grupamento de Engenharia.

Outras ações – A gerente executiva de Vigilância em Saúde, Júlia Vaz, destaca que o Governo do Estado vem trabalhando com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos, com a realização de campanhas para a prevenção e combate à doença. Ela explicou que a SES monitora os casos, acompanhando e realizando ações de caráter preventivo e educativo em parceria com os 223 municípios paraibanos, como também realizando visitas técnicas às Gerências Regionais de Saúde, além de oferecer capacitações e oficinas de orientação sobre a doença.