João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado inaugura reforma e ampliação do Ambulatório do Arlinda Marques nesta segunda-feira

segunda-feira, 28 de setembro de 2015 - 11:07 - Fotos:  Ricardo Puppe

O Governo do Estado inaugura, nesta segunda-feira (28), a reforma e ampliação do Ambulatório Especializado da Criança Dr. João Medeiros, no Complexo de Pediatria Arlinda Marques. O evento, que comemora os 70 anos da unidade de saúde, terá início às 15h. Além do Arlinda Marques, outros 15 hospitais receberão equipamentos de Sala de Hidratação, para que sejam assistidos pacientes com suspeita de dengue, a fim de evitar a gravidade e os óbitos pela doença. O Governo do Estado investiu R$ 222.632,80 na aquisição dos equipamentos.

Estarão presentes, a secretária de Estado da Saúde, Roberta Abath, a vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano, além de representantes dos 16 hospitais contemplados com os equipamentos. Durante o evento, também será entregue uma ambulância de suporte avançado, através de contrato de locação, com investimento de R$ 20 mil por mês pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Haverá ainda apresentação de crianças do Projeto de Inclusão Social através da Música e das Artes (Prima).

Os equipamentos para Sala de Hidratação são suporte de soro, poltrona, mesa, esfignomamômetro adulto, esfignomamômetro infantil, estetoscópio adulto e estetoscópio infantil. Os hospitais contemplados são: Hospital Arlinda Marques, Complexo Hospitalar de Doenças Infectocontagiosas Clementino Fraga, Hospital Edson Ramalho, Hospital Regional de Guarabira, Hospital de Trauma de Campina Grande, Hospital Regional de Picuí, Hospital Regional Santa Filomena (Monteiro), Hospital Regional Janduhy Carneiro (Patos), Hospital Infantil Noaldo Leite (Patos), Hospital Regional Wenceslau Lopes (Piancó), Hospital Senador Rui Carneiro (Pombal), Hospital Regional de Sousa, Hospital Regional de Cajazeiras, Hospital Regional de Princesa Isabel, Hospital Regional de Itabaiana e Hospital Regional Dr. José Américo Maia de Vasconcelos (Catolé do Rocha).

Além desses equipamentos, o Hospital Arlinda Marques receberá um ventilador de transporte, dois oxímetros de pulso e três monitores multi-parâmetros. Segundo o diretor geral do Complexo de Pediatria Arlinda Marques, Bruno Leandro de Souza, o Governo do Estado vem investindo fortemente em ações para garantir a melhoria da qualidade de atendimento prestado, sobretudo na alta complexidade, destacando-se as áreas de Neurocirurgia e Cardiologia Pediátrica. Ele lembrou também que nos últimos anos o Arlinda Marques vem se destacando como instituição de ensino, sendo o responsável, a partir de 2014, por ser o formador de pediatras e outros profissionais de saúde através do processo de residência médica em pediatria e multiprofissional.

O Hospital – O Complexo de Pediatria Arlinda Marques é formado pelo Hospital Arlinda Marques, o Ambulatório Especializado da Criança Dr. João Medeiros, anexo e administração. Na reforma do ambulatório foram investidos R$ 140 mil pra uma readequação do sistema hidráulico e elétrico, como também uma reforma estrutural em suas salas e ampliação, além da aquisição de mobiliário e equipamentos, buscando atender com mais conforto a população. “As atividades do ambulatório reiniciaram no dia 21 de setembro com essa nova reestruturação. Lá são atendidas 14 especialidades pediátricas, todas elas voltadas para alta complexidade. Além disso, também é realizado atendimento de fisioterapia, psicologia, nutrição, entre outras áreas relacionadas à saúde”, explicou o diretor geral da unidade hospitalar.

O hospital conta com 83 leitos, sendo 13 de Unidade de Terapia Intensiva. Esses leitos servem tanto às enfermidades de uma forma geral, como também a parte neurocirúrgica e cardiológica. Lá também é realizado o serviço de ultrassonografia.

Este ano, o Complexo de Pediatria Arlinda Marques realizou mutirões de neurocirurgias, com 41 procedimentos, totalizando R$ 850 mil em investimentos do Governo do Estado. De acordo com o diretor da unidade, são atendidas na emergência cerca de três mil crianças por mês, havendo picos de atendimentos de mais de 4.500 crianças/mês em alguns períodos do ano.

O Ambulatório Especializado da Criança Dr. João Medeiros conta com 17 salas. Lá são atendidas 14 especialidades pediátricas e outras especialidades não-médicas que fazem suporte. “Além disso, funcionam no ambulatório dois programas: o Ambulatório de Vítimas de Violência (Anviva), onde crianças que sofreram algum tipo de violência recebem um acompanhamento contínuo, e o Serviço de Triagem Neonatal, que é o Teste do Pezinho. Crianças que têm seu teste com alterações são encaminhadas para o ambulatório para acompanhamento e tratamento, buscando assim evitar sequelas e deformidades permanentes”, explicou Bruno.

O Complexo de Pediatria, na sua parte hospitalar, destaca-se também pela alta complexidade, sendo referência estadual em neurocirurgia. “Graças ao Governo do Estado, disponibilizando uma verba de quase R$ 1 milhão, nós conseguimos tirar da fila mais de 50 crianças que estavam necessitando realizar o procedimento de alto custo. Nós fazemos cirurgias de tumores, de colocação de válvulas e de correção de algumas deformidades congênitas que acontecem no sistema nervoso central, e temos bons índices de recuperação dessas crianças”, disse Bruno Leandro.

O Hospital se destaca também como o principal centro de cirurgias cardíacas da Paraíba. Por meio do Governo do Estado, foi firmado em outubro de 2011 um convênio com o Círculo do Coração, formando a Rede de Cardiologia Pediátrica da Paraíba, que capta crianças em diversas cidades, através de uma rede de telemedicina. As crianças que necessitam de um acompanhamento clínico ou cirúrgico são encaminhadas ao hospital, onde são realizados os procedimentos.

O Hospital Arlinda Marques foi fundado em 19 de setembro de 1945, para atender crianças com tuberculose. O nome foi em homenagem a Dona Arlinda Marques dos Reis, freira da extinta Legião Brasileira de Assistência (LBA) e uma das capitãs do processo de construção do hospital. Na década de 80, o Estado assumiu o hospital como uma instituição de saúde estadual e hoje ele atende a diversas especialidades, com ênfase em alta complexidade.