João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado firma parceria com universidades para beneficiar o produtor rural

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011 - 10:56 - Fotos: 
O Governo do Estado quer incrementar os atuais índices tecnológicos da pecuária no semi-árido da Paraíba, elevando a renda e a qualidade de vida do produtor rural e sua família. Um dos pontos de partida para acelerar esse processo são as parcerias feitas com instituições, como a realizada esta semana com as universidades federais da Paraíba (UFPB) e de Pernambuco (UFRPE).

O acordo de cooperação técnico-científica foi celebrado entre os diretores da Emepa, Manuel Duré (diretor-presidente) e Wandrick Hauss (diretor técnico), após uma reunião na sede da empresa, com professores das duas instituições, onde ficou decidido um trabalho conjunto nas áreas de forragicultura e produção animal. Serão avaliadas as culturas do capim-buffel, palma forrageira, sorgo e milheto.

De acordo com Manoel Duré, um dos maiores entraves tecnológicos para o êxito da caprinovinocultura e da bovinocultura no semi-árido paraibano é a produção de forragens para os rebanhos. “A disponibilidade de alimentos é estreitamente relacionada com a sazonalidade desta região, quando há oferta de forragem na estação chuvosa e escassez no período seco”, declarou.

Os índices pluviométricos do semi-árido paraibano são baixos e mal distribuídos, chovendo em média de 350 a 700 mm/ano. Como agravante, há uma evapotranspiração elevada e, com isso, um decréscimo da produção e qualidade da massa verde durante o período de estiagem. Desta forma, os problemas decorrentes da estacionalidade de produção de forragem podem ser minimizados pela utilização de espécies forrageiras persistentes a déficit hídrico e pelo armazenamento de alimentos como silagem e feno.