Fale Conosco

5 de maio de 2015

Governo do Estado entrega novas instalações da delegacia municipal de Serraria



O Governo do Estado inaugura às 10h desta quarta-feira (6) as novas instalações da Delegacia Municipal de Serraria, no Brejo Paraibano. A unidade policial, que funcionava no piso térreo da Cadeia Pública da cidade, agora passa a atender a população em um prédio alugado, reformado para abrigar as atividades da Polícia Civil. A nova delegacia municipal fica localizada na Praça Padre Serrão, Centro, e tem como objetivo promover melhor atendimento à população, ao mesmo tempo em que proporcionará aos investigadores melhoria no ambiente de trabalho.

A Delegacia de Serraria conta com sala para recepção, gabinete do delegado, sala para escrivão, carceragem, cozinha e banheiros. O titular da 8º Delegacia Seccional, Walber Virgolino, afirma que as novas instalações demonstram o avanço no trato com policiais civis do Estado. “É importante essa valorização do policial, um local mais adequado para o trabalho faz toda a diferença. Vamos continuar avançando nessa região da Paraíba, com ações integradas entre Polícia Militar e Civil no combate à criminalidade”, disse a autoridade policial.

Para o delegado geral da Polícia Civil, João Alves, a estrutura é muito importante para o pleno desenvolvimento do trabalho da instituição na região do Brejo. “Agora os serviços prestados à população terão mais qualidade, com um local bem equipado e preparado para o atendimento”, afirmou.

Estarão presentes na inauguração o secretário da Segurança e da Defesa Social, Cláudio Lima, e a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, além de autoridades da região e das instituições de Segurança Pública.

Reunião com assentados – Na agenda das autoridades na região do Brejo, ainda está incluída uma reunião com a comissão do Fórum de Assentadas e Assentados das cidades Pilões, Serraria, Remígio e Areia, para definir ações para o enfrentamento da violência contra mulher na zona rural.

A comissão é formada por representantes de 12 assentamentos e conselheiros do Orçamento Democrático Estadual.  Os assentados querem a intensificação das ações voltadas ao enfrentamento de crimes contra o patrimônio e refirmar os compromissos acordados em carta assinada no Seminário “Por Mais Segurança no Campo”, realizado pelo Serviço de Educação Popular, em novembro do ano passado, na cid