João Pessoa
Feed de Notícias

Cooperar entrega equipamentos a produtores de Dona Inês e Tacima

domingo, 4 de maio de 2014 - 12:47 - Fotos:  Alberi Pontes/Secom-PB

O Governo do Estado, por meio do Projeto Cooperar, investiu R$ 311,7 mil em três sub-projetos de beneficiamento de castanha, piscicultura e apicultura, que vão beneficiar inicialmente 112 famílias dos municípios de Dona Inês e Tacima.

Na tarde deste sábado (3), foi entregue à Associação para o Desenvolvimento Sustentável e Produção Ambiental de Dona Inês, uma unidade de beneficiamento de castanha, com recursos do Cooperar e Banco Mundial no valor de R$ 94,5 mil. Benefício direto para 84 famílias e 190 famílias indiretamente.

O governador Ricardo Coutinho destacou que o apoio do Cooperar a projetos produtivos é gerar renda para as famílias em toda a região. “O objetivo é aumentar renda, é fazer com que haja um crescimento do poder de consumo dos trabalhadores na região”, ressaltou. Já o vice-governador Rômulo Gouveia comentou que as ações do Projeto Cooperar e do Empreender-PB estão modificando a economia em todas as regiões do Estado porque proporcionam a geração de renda de um grande número de famílias rurais e urbanas”.

De acordo com o presidente da Associação, José Humberto de Araújo Gomes, a unidade terá capacidade de processar 200 toneladas de castanha por ano. “A unidade de beneficiamento de castanha possibilita a agregação de valor ao produto e o aumento da renda dos beneficiários”, ressaltou o gestor estadual do Cooperar, Roberto Vital.

Em Dona Inês, o Governo da Paraíba, através do Projeto Cooperar e o Banco Mundial, também contribuiu com investimentos para outras famílias das comunidades rurais, financiando projeto de piscicultura no Assentamento Tanques, no valor de R$ 115,6 mil. O projeto foi implantado, ou seja, os tanques redes foram adquiridos, a ração e os alevinos pagos e serão entregues à medida que se fizer necessário.

Apesar das dificuldades, pela escassez de chuvas, na Semana Santa dois produtores tiveram peixes para vender. O senhor Tarcísio conseguiu produzir e comercializar, em média, 1.200kg de peixe no assentamento. Outro produtor atingiu a venda de 400 kg.

O pescado retirado no subprojeto pesa em média 900g. Toda atual produção é vendida diretamente no Assentamento, através da procura direta dos compradores, afastando assim os atravessadores. O Assentamento possui uma casa sede onde atualmente funciona para guarda dos tanques redes. A fonte de renda da maioria vem da criação de pequenos animais, programas assistenciais e contratos com a prefeitura municipal.

No município de Tacima, a Associação dos Jovens Apicultores do Projeto Assentamento Vazante, com  19 famílias, teve apoio do Cooperar no valor de R$ 101,6 mil. Este é um projeto produtivo que recuperou uma unidade de extração de mel no valor global de R$ 46.800,00.

O projeto vai assistir três comunidades: Assentamento Vazante com 12 famílias e onde está a Unidade produtora de mel, localizando-se a 24km do centro de Tacima; Assentamento Boa Esperança com quatro famílias e a 8 km do centro de Tacima e o  Assentamento Pombos, com três famílias,  localida a 21km de Tacima.

“Os apicultores já produzem de forma artesanal e vislumbram serem capacitados de forma que possam apresentar seu produto com beneficiamento introduzidos a partir das capacitações de manejo tecnicamente correto que irão receber junto com a implantação do projeto”, destacou o gestor do Cooperar, Roberto Vital.

O prefeito de Dona Inês, Antonio Justino, afirmou que são várias as parcerias do Governo do Estado com o município e que outras ações serão mantidas. E o prefeito de Tacima, Erivan Bezerra, destacou que o apoio aos apicultores do Assentamento Vazante vai trazer  melhoria de renda às famílias daquela comunidade.

Os deputados estaduais Eva Gouveia, Hervázio Bezerra e João Gonçalves, além de prefeitos de cidades vizinhas, participaram da entrega dos equipamentos aos produtores.