Fale Conosco

26 de dezembro de 2011

Governo do Estado entrega base do Samu em Pocinhos, nesta terça



O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), entrega nesta terça-feira (27) mais uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A solenidade está marcada para as 9h30, na cidade de Pocinhos, e vai contar com a presença do Secretário de Estado da Saúde,Waldson de Souza, que fará a entrega da ambulância. Com mais essa base, sobe para 94 o número de ambulâncias em funcionamento no Estado.

A nova base do Samu vai atender a cerca de 24 mil pessoas das cidades de Pocinhos e Boa Vista. Para esta base, o município investiu R$ 60 mil; em contrapartida, o Governo do Estado vai investir R$ 12,5 mil mensais para a manutenção. “Desde que assumiu, o governador Ricardo Coutinho não tem medido esforços para colocar em funcionamento as ambulâncias do Samu que estavam paralisadas desde a gestão passada, pois sabe quais são os problemas que a população enfrenta na área de saúde”, disse Waldson.

Para a secretária de Saúde do município de Pocinhos, Soraya Galdino Lucena, os moradores estavam aguardando há muito tempo esse serviço. “O hospital precisava prestar um atendimento mais rápido e eficiência à população local”, ressaltou. Segundo ela, quem precisar dos serviços do Samu em Pocinhos e Boa Vista deve ligar para o número 192. A ligação cairá na base de Campina Grande, e de imediato será acionado o serviço no município solicitado. “A população desses dois municípios terá um atendimento de urgência com qualidade e eficiência”, completou.

Sobre o serviço – O Samu 192 faz parte da Política Nacional de Urgências e Emergências desde 2003 e ajuda a organizar o atendimento na rede pública, prestando socorro à população em casos de emergência. Com o Samu 192, o Governo Federal está reduzindo o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro precoce. O serviço funciona 24 horas por dia com equipes de profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem e condutores socorristas que atendem às urgências de natureza traumática, clínica, pediátrica, cirúrgica, gineco-obstétrica e de saúde mental da população.

Atendimento – O Samu realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, contando com as Centrais de Regulação, profissionais e veículos de salvamento.

As Centrais de Regulação têm um papel indispensável para o resultado positivo do atendimento, sendo o socorro feito após chamada gratuita para o 192. A ligação é atendida por técnicos que identificam a emergência e transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da situação e inicia o atendimento, orientando o paciente ou a pessoa que fez a chamada sobre as primeiras ações.

Esse mesmo médico regulador avalia qual o melhor procedimento para o paciente: orienta a pessoa a procurar um posto de saúde; designa uma ambulância de suporte básico de vida, com o técnico de enfermagem e o condutor socorrista para o atendimento no local; ou, de acordo com a gravidade do caso, envia uma UTI móvel, com médico e enfermeiro. Com poder de autoridade sanitária, o médico regulador comunica a urgência ou emergência aos hospitais públicos e reserva leitos para que o atendimento de urgência tenha continuidade.