Fale Conosco

20 de novembro de 2014

Governo do Estado e Ministério da Saúde realizam seminário sobre vigilância do óbito



A Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com a Coordenação Geral de Informações e Análise Epidemiológica da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, realizará o I Seminário sobre Vigilância do Óbito. O evento, que acontecerá na próxima segunda-feira (24), no Hotel Ouro Branco, das 8h às 17h30, é voltado para profissionais de saúde das áreas da Vigilância do Óbito e da Atenção à Saúde das Regionais e Secretarias Municipais de Saúde de 16 municípios prioritários, além de diretores técnicos e profissionais da área da Assistência de 11 estabelecimentos de saúde, que concentram cerca de 80% dos óbitos infantis e maternos registrados no estado.

“Esse seminário tem como objetivo discutir os fatores que determinam as ocorrências dos óbitos maternos e infantis evitáveis e estimular a criação de grupos técnicos municipais da vigilância do óbito, que possam contribuir para a definição de medidas oportunas capazes de reduzir a incidência de óbitos pelas mesmas causas”, explicou a gerente Operacional de Resposta Rápida as SES, Diana Pinto.

Ela ressaltou que esta ação exerce papel relevante como fonte de evidências para o aprimoramento da Atenção à Saúde. “Estamos trazendo, em parceria com o MS, as experiências exitosas das Secretarias Estaduais de Saúde do Rio Grande do Sul e do Paraná, além da presença de representante do nível nacional, que enriquecerão as nossas discussões”.

De acordo com Diana, é importante lembrar a contribuição da vigilância do óbito para a redução da mortalidade materna e infantil. “Através da captação e investigação dos óbitos, buscamos identificar os determinantes que o originaram, assim podemos definir localmente as prioridades de intervenção para evitar novos casos, por meio da adequada atenção à saúde”, concluiu.