João Pessoa
Feed de Notícias

Governo e Exército fazem visitas domiciliares de combate ao Aedes aegypti em Cabedelo

sábado, 6 de fevereiro de 2016 - 09:23 - Fotos:  Ricardo Puppe

O Governo do Estado, por meio da à Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com o Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros e Prefeituras, há 23 dias está realizando visita casa a casa para exterminar os criadouros e focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus.

O trabalho com o Exército vem sendo realizado nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Santa Rita e Bayeux. Com o Corpo de Bombeiros, a atividade está acontecendo nos municípios de Alhandra, Conde, Malta e Monteiro. Nos demais municípios, as visitas são realizadas pelos Agentes de Controle de Endemias (ACE).

Na sexta-feira (5), as visitas no município de Cabedelo foram realizadas mais uma vez na Praia do Poço. Desde o início das visitas no município, o trabalho aconteceu nos bairros Jardim América, Gonçalo, Intermares e Ponta de Campina.

Um dos imóveis visitados no 23º dia de trabalho foi a casa do funcionário público Vamberto Tadeu. Por já ter contraído o zíka vírus, ele disse ter todo o cuidado em casa para não ter focos do mosquito, mas mesmo assim, foram encontradas larvas do Aedesem seu jardim. “Isso mostra que todo cuidado é pouco. Minha esposa e eu já tivemos zika, e por esse motivo, aqui em casa temos todo o cuidado para não acumular água, principalmente no jardim, onde cultivamos várias plantas”, disse.

Vamberto ressaltou a importância das ações contra o mosquito. “Tudo que fizermos em prol da saúde da população ainda é pouco. Estamos vivendo um momento preocupante na saúde mundial e é importante que todos trabalhem juntos para combater esse mosquito, pois não adianta eu fazer tudo direito na minha casa se o meu vizinho fizer sua parte. Apenas a união de forças será capaz de derrotar o Aedes”, finalizou o funcionário público.

O agente de saúde do município de Cabedelo, Alex Galvão, explicou que, pelo foco do mosquito naquela residência ter sido encontrado em uma vasilha que não estava sendo utilizada, a equipe eliminou as larvas jogando a água fora e descartando o recipiente. Caso o foco estivesse em um recipiente fixo, teria sido usado o larvicida.

Alex explicou que o município de Cabedelo vem apresentando poucas residências com focos e que a população apoia as ações de combate ao mosquito. “Os moradores tem nos recebido muito bem, sempre atentos para nossas explicações, tirando suas dúvidas. Sentimos neles essa vontade de ajudar, de se engajar nessa luta contra o Aedes, e isso é muito importante, pois esse engajamento é fundamental no combate ao mosquito”, explicou o agente de saúde.

O horário de atuação das equipes do Exército e Bombeiros está acontecendo em dias úteis, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.