João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado divulga seleção de artesãos para a 24ª edição do Salão do Artesanato, em Campina Grande

quinta-feira, 2 de junho de 2016 - 16:46 - Fotos: 

O Governo do Estado publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (1) a relação dos artesãos que irão participar da 24ª Edição do Salão de Artesanato da Paraíba, que ocorrerá de 17 de junho a 3 de julho, em Campina Grande. Ao todo, 308 artesãos participarão do evento, reunindo uma tipologia diversificada, como algodão colorido, barro, brinquedo, habilidades manuais, pedra e fibra.

Além da relação dos artesãos selecionados, o Diário Oficial traz ainda as diretrizes da 24ª edição do evento, assim como as informações dos locais e do período para o recebimento das tipologias em João Pessoa e em Campina Grande. As informações e as diretrizes estão disponíveis também no site do Programa do Artesanato da Paraíba (PAP). Em João Pessoa, o local destinado para o recebimento das tipologias é a sede da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap). Já em Campina Grande, avenida Severino Cabral, no bairro José Pinheiro.

A gestora do PAP, Lu Maia, falou da expectativa para a realização do evento. “O Salão do Artesanato mobiliza diversos setores do Governo na organização do evento, que ocorre durante a realização do Maior São João do Mundo. Portanto, com toda a infraestrutura oferecida pelo Estado somada a esse clima tão tradicional, que é o São João, temos certeza de que, assim como em edições anteriores, o 24º Salão do Artesanato será um sucesso”, disse.

Avanços –  Para participar da 24ª edição do Salão do Artesanato da Paraíba o artesão deve ter formalização como Microempreendedor Individual (MEI) ou estar em associação de cooperativas formais. São cerca de seis mil profissionais beneficiados pela medida.

Lu Maia não tem dúvidas de que é mais um incentivo do Governo do Estado para tornar as políticas do Programa do Artesanato da Paraíba ainda mais sólidas. “Essa vinculação é, antes de qualquer coisa, um reconhecimento para o nosso artesão que, com as políticas adotadas pelo governador Ricardo Coutinho, cada vez mais se profissionaliza, ganha visibilidade, sem perder a peculiaridade que o artesanato requer”, afirmou.

Ainda de acordo com a gestora do Artesanato da Paraíba, a vinculação do MEI ou a inscrição em associação de cooperativas formais para participar do Salão do Artesanato vai além do reconhecimento. “É um avanço que significa benefícios concretos. Além de todos os serviços oferecidos pelo PAP, o artesão poderá ter acesso a linhas de crédito de programas como o Empreender Paraíba, aposentadoria, auxílio-doença, entre outros benefícios”, disse.

Um dos artesãos que se diz beneficiado pela medida é Aroldo de Araújo Pereira, que trabalha com brinquedos populares. “Eu vejo essa medida do Governo com bons olhos. Não tenho dúvidas de que tudo vai ficar mais fácil. Podemos pegar empréstimo para comprar matéria-prima agora, o que antes era meio complicado, sem falar na segurança, com aposentadoria e auxílio-doença”, destacou.

A artesão Valci Oliveira, de Campina Grande, também aplaudiu a novidade. “Fiquei muito feliz com os benefícios que a formalização do MEI vai trazer para todos nós. Temos agora a nossa identidade profissional, passamos a existir como artesãos. Tenho muita expectativa principalmente com relação à aposentadoria, auxílio-doença e empréstimos”, finalizou.

Salão de Artesanato em Campina Grande – A próxima edição do Salão de Artesanato da Paraíba já tem data marcada e será realizado no período de 17 de junho a 3 de julho, durante o maior São João do Mundo, em Campina Grande.  O local escolhido permanece o mesmo dos anos anteriores, na antiga sede da Ourovel, na Avenida Severino Cabral. O horário de visitação foi prolongado das 13h até às 21h. Mais uma vez, a realização do Salão do Artesanato conta com a parceria do Sebrae-PB.