João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado distribui mudas frutíferas com agricultores do Ecoprodutivo

terça-feira, 8 de março de 2016 - 11:37 - Fotos:  Secom-PB

Já estando em plena atividade em cinco comunidades desde sua implantação no final do ano passado, o Projeto Ecoprodutivo, que contempla mais de 2.400 famílias agricultoras direta e indiretamente com diversas ações, começou a receber mudas frutíferas para atender a demanda solicitada, informou o presidente da Gestão Unificada (Emepa/Interpa/Emater), Nivaldo Magalhães.

Nesta primeira etapa, serão distribuídas 9.615 mudas frutíferas de pinha, caju, goiaba, graviola, maracujá, sabiá, coco e florestais, produzidas pela Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (Emepa-GU), vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

Inicialmente, as comunidades de Alagamar, em Salgado de São Felix, Bonfim, em Areia e Oziel Pereira, em Remígio receberam mudas de coco, atendendo a solicitação dos agricultores familiares,de acordo com a coordenadora do Ecoprodutivo, Ivonete Berto Menino.

Todo o processo de plantio está sendo acompanhado pelos extensionistas da Emater, que orientam as famílias desde o preparo do solo e manejo das mudas. Também as famílias integrantes do Projeto Ecoprodutivo terão acesso a sementes de hortaliças como alface americana, salsa, tomate cereja, rúcula (semente), repolho, cenoura, beterraba, pimentão, cebolinha, couve flor e coentro.

Criado pelo Governo do Estado, por meio da Gestão Unificada (Emepa/Interpa/Emater), vinculada à Sedap, para impulsionar o desenvolvimento rural sustentável e o fortalecimento socioeconômico das comunidades, o Projeto Ecoprocutivo tem cinco projetos pilotos que beneficiam 2.482 famílias de forma direta e indireta.

São cinco projetos Ecoprodutivos já instalados. O primeiro foi em Bartolomeu I, em Bonito de Santa Fé, depois foi lançado no Quilombolas Pitombeira, em Várzea, e nos assentamentos Oziel Pereira, em Remígio, Alagamar, em Salgado de São Felix e, no mês passado, no Quilombolas Bonfim, em Areia.