Fale Conosco

9 de maio de 2012

Governo do Estado contempla agricultores familiares de Nazarezinho com R$ 2,3 mi em ações



Os agricultores familiares do município de Nazarezinho, no Sertão, comemoram os resultados da Jornada de Inclusão Produtiva realizada na terça-feira (8), pelo Governo do Estado. Na ocasião, foram atendidas 912 pessoas, com investimentos que totalizam R$ 2.341.624,92. Deste montante, R$ 1.860.000,00 serão destinados ao crédito rural do Pronaf já encaminhado aos Bancos do Brasil e do Nordeste, beneficiando 179 famílias agricultoras.

Durante a Jornada, foram elaboradas propostas no valor de R$ 280 mil para operações de financiamentos, dos quais R$ 200 mil ao Projeto Cooperar, contemplando 19 famílias, e R$ 80 mil para aquisição de dois imóveis rurais familiares com o Interpa e, finalizando, R$ 201.624,92 em projetos de comercialização nas modalidades Pnae, rede estadual, dois projetos de R$ 12.565,50 para a rede municipal, e um projeto de R$ 36.258,12. Pelo PAA Doação Simultânea foram duas propostas num total de R$ 152.801,30.

Dentre as diversas ações financiadas destacam-se apicultura, piscicultura, caprinovinocultura, bovinocultura, agroindústria, artesanato, comercialização da produção, todas dentro do contexto de convivência com o semiárido.

A Jornada de Inclusão Produtiva de Nazarezinho foi articulada pela Emater Paraíba, empresa vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), por intermédio dos escritórios regional de Sousa e local de Nazarezinho. A exemplo de outras jornadas realizadas em diversos municípios, o evento contou com a parceria do Cooperar, Interpa, Emepa, Sudema, Empreender PB, Empasa, Defesa Agropecuário, além do apoio da prefeitura municipal, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, sindicatos e associações rurais e com participações de bancos oficiais.

 

Também tiveram participação no evento, representantes da Fundação de Ação Social (FAC), do Agroamigo, da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), do IBGE, do Orçamento Democrático, do Território do Vale do Piranhas, da Conab, entre outros órgãos.

 

O evento contemplou, ainda, espaço de Feira de Produtos e Tecnologia, emissão de Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP), entregas de enxovais, kits gestantes, corte de cabelo, aferição de pressão e outros serviços da área de saúde, atração cultural local e assinatura de convênio. Também houve exposição de artesanato do Programa Fibras da Terra com a fibra da banana, distribuição de mudas e alevinos, divulgação da Campanha Febre Aftosa, amostra tecnológica da Emepa com sistema localizado de irrigação com placa solar, cadastramento de criadores para compra do milho (efeito de arraçoamento) na Conab, entre outros serviços.