Fale Conosco

23 de julho de 2012

Governo do Estado capacita apenados com cursos profissionalizantes



Em parceria com o Senac e o Senai, a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap), através da Gerência de Ressocialização, vai realizar, nesta semana, cursos profissionalizantes para apenados de duas penitenciárias paraibanas. Nesta segunda-feira (23), será ministrado o curso de Cozinha Básica para 20 reeducandos da Penitenciária Máxima Geraldo Beltrão, em Mangabeira, na Capital, com duração de dez dias. Já na terça-feira (24), os apenados da Penitenciária João Bosco Carneiro, em Guarabira, receberão o curso de Instalador Hidrossanitário,  com 32 alunos, durante 20 dias.

Para a gerente executiva da Ressocialização, Ziza Maia, os cursos vão contribuir para a reintegração dos apenados no mercado de trabalho ao final da pena. “Muitas vezes os apenados não tiveram a oportunidade de se profissionalizar e acabaram se desvirtuando para o caminho das drogas e do tráfico. Além de combatermos a ociosidade dentro do presídio, os cursos promovem uma nova experiência na vida deles e pelo menos nesse instante deixam de ser apenados e se tornam alunos”, destacou.

Até o final do ano, mais cursos profissionalizantes serão promovidos em vários presídios do Estado. Haverá cursos de instalador elétrico residencial, confecção de bolas de couro, pedreiro, mecânica e manutenção de motocicletas, doces e salgados, embelezamento das mãos e dos pés e informática básica, entre outros.

Cerca de 700 reeducandos e familiares serão profissionalizados com direito a certificado. “Abriremos cursos também para os familiares, pois eles são fundamentais no processo de ressocialização. Além disso, muitas vezes eles dependiam financeiramente do apenado e agora precisam sobreviver de forma independente”, afirmou Ziza Maia.

Na última quinta-feira (19), foi iniciado no Presídio Feminino de Patos o curso profissionalizante de Corte e Escova, ministrado pelo Senac, que beneficia 20 reeducandas do regime fechado. O curso terá duração de 10 dias. No início Deste mês, as beneficiadas foram as apenadas do Presídio Feminino Júlia Maranhão, que participaram do Curso de Pizza.

Os familiares interessados em participar dos próximos cursos podem se dirigir ao Núcleo do Trabalho da Gerência de Ressocialização, localizado na Penitenciária de Segurança Média Juiz Hitler Cantalice (Média), na Rua Benevuto Gonçalves da Costa, Mangabeira II, e apresentar cópias dos documentos de RG, CPF e comprovante de endereço. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3218.6800 e 3238.6154.