João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado apresenta projeto do Parque Parahyba e moradores aprovam por unanimidade

sábado, 5 de março de 2016 - 10:52 - Fotos:  Alberi Pontes

Os moradores do bairro do Bessa, em João Pessoa, aprovaram por unanimidade em assembleia o projeto de urbanização de canais denominado Parque Parahyba, apresentado pelo Governo do Estado na noite dessa sexta-feira (4), na Escola Internacional Cidade Viva.

Apresentado pelo secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, o empreendimento terá a ordem de serviço assinada pelo governador Ricardo Coutinho logo após a licitação. O objetivo é urbanizar as áreas marginais aos canais do bairro. Com a urbanização, o local irá ganhar ciclovias, academia de ginástica, estacionamento, bicicletários, áreas de convivência, iluminação, playground, entre outros benefícios.

Após o secretário João Azevedo explicar detalhes do empreendimento, os mais de 100 moradores representantes de associações do bairro apresentaram sugestões e, numa votação histórica, segundo eles, aprovaram por unanimidade o projeto do Parque Parahyba.

João Azevedo destacou que as obras terão inicio assim que a ordem de serviço for assinada, no prazo de 70 dias, e a execução se dará dentro de 12 a 18 meses. O empreendimento está orçado em R$ 2,9 milhões. A área total soma mais de 15 hectares, o equivalente a 150 mil metros quadrados de urbanização.

O secretário lembrou que o Parque Parahyba foi criado em 2010 pelo então prefeito Ricardo Coutinho através de decreto. Agora, procurado pelos moradores, o Governo do Estado executará a obra de lazer e mobilidade urbana que será construída em duas etapas.

“Poder participar desse segundo momento que é a implantação é uma satisfação e tenho certeza que a população reconhece o esforço do Governo do Estado. Os recursos são próprios do Tesouro Estadual e o governador já reservou o dinheiro para a construção da obra imediatamente após a licitação e assinatura da ordem de serviço”, garantiu.

O secretário também pontuou que o Governo do Estado está implantando no momento as cercas de proteção do Parque das Trilhas e que em Campina Grande constrói a urbanização do Parque Bodocongó, dentre outras ações.

O presidente do Comitê Parque Parahyba, Dema Macedo, disse que a área é pública e carece de infraestrutura de mobilidade e lazer. “Esse é um interesse público acima de tudo e com esse projeto executado se tornará um atrativo de pessoas para a prática de esportes, lazer, além de trazer convivência para os moradores do Bessa e bairros vizinhos”.

O professor de capoeira Marco Antonio Cunha de Sousa comemorou a conquista dos moradores. “O parque é bom para a capoeira, para vários esportes e aqui viemos apoiar esse projeto”.

A moradora Gedeilda Morais, também compareceu à reunião e declarou que as pessoas precisam de espaços físicos para caminhada e outras práticas esportivas. “Esse projeto é de suma importância porque o bairro está crescendo no sentido vertical, são muitas pessoas e falta espaço, área verde, então o parque e o calçadão são necessidades para todos nós”.

Patrícia Cunha, ciclista urbana e natural do Mato Grosso do Sul, mora no Bessa há seis anos e parabenizou a iniciativa do Governo do Estado. “O bem estar, o lazer, é um direito constitucional, então nós temos direito a esse benefício, a população está pedindo isto”.

A moradora Raquel Girlion, de São Paulo, mora no Bessa há cinco anos e comemorou a decisão do Governo em implantar o Parque Parahyba. “Eu achei o projeto ideal, exatamente o que precisamos. Nós precisamos de uma área que além de desfrutar, ter um belo visual e interagir, o que nós não temos hoje, o que há é mato, é sujeira. Agradeço muito por esta decisão do governador”.

O presidente da Sudema, João Vicente, afirmou que o projeto é simples e a obra realizada será um benefício ambiental para o Bessa. O projeto arquitetônico é da Superintendência do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), que executará a obra.