João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado apoia sexta edição do Troféu Gonzagão nesta quarta-feira

segunda-feira, 19 de maio de 2014 - 17:19 - Fotos: 

Nesta quarta-feira (21), acontece a sexta edição do Troféu Gonzagão, às 20h, no Centro de Convenções Francisco de Assis Benevides Gadelha da FIEP, em Campina Grande. O evento, que conta com o apoio do Governo do Estado da Paraíba, e realização da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, o Projeto SESI Cultura e Tradição da Paraíba, e o Centro de Ortodontia Integrado, enaltece o ritmo do forró e homenageia esse ano o pernambucano de Garanhuns: o mestre Dominguinhos.

Aclamado entre os consagrados ícones da música nordestina pela habilidade com a sanfona, Dominguinhos é um artista iluminado que representou e sempre representará uma das maiores expressões musicais brasileiras. Criado pelos ortodentistas Ajalmar Maia e Rilávia Cardoso, o Troféu Gonzagão tem o intuito de fortalecer o ritmo do forró e a cultura nordestina. Nesta edição, também serão homenageados artistas como Anastácia, Nando Cordel e Elba Ramalho pela contribuição à música brasileira através das composições e parcerias de sucesso feitas com Dominguinhos.

Desde sua primeira edição, realizada em umas das salas do Centro de Ortodontia Integrado, o Troféu Gonzagão homenageia ícones da música regional com visibilidade local, nacional e internacional, a exemplo de artistas como Dominguinhos, Elba Ramalho, Marinês, Genival Lacerda, Raimundo Fagner, Chico César, Antônio Barros e Cecéu, Pinto do Acordeon, Nando Cordel, Adelmário Coelho, Oswaldinho, Targino Gondim, Adelson Viana, Glorinha Gadelha, Sivuca, Camarão, entre outros.

O Troféu Gonzagão é a evocação de uma cultura que tem como bandeira o forró, é fruto da genialidade de um homem simples, cuja sabedoria e amor ao seu povo revolucionou e construiu uma nova história que engrandeceu, definitivamente, o cancioneiro da música popular brasileira: Luiz Gonzaga. Se constitui, também, como uma forma de exaltar as brilhantes expressões artístico-culturais do nosso país”, reforça Rilávia Cardoso.