João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado apoia ações da ONG Protegelus

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 - 19:27 - Fotos: 

A primeira-dama do Estado, Pâmela Bório, e a Secretária de Estado de Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos de Meneses, são voluntárias da Organização Não Governamental “Protegelus”, lançada nessa segunda-feira (3), no anexo do Hospital São Vicente de Paulo, em João Pessoa. A ONG visa dar assistência a pacientes em situação de vulnerabilidade social que são atendidos pelo Sistema Único de Assistência Social (SUS), no Hospital São Vicente de Paula. Os organizadores da ONG convidaram personalidades para se tornarem Ângelus, uma espécie de voluntários da Organização para ajudar nas ações realizadas.

Pâmela Bório ressaltou a ação do Governo do Estado, que devolveu para a Instituição Guedes Pereira o Lar Menino Jesus de Nazaré, local onde vai funcionar a ONG.“Ser um Ângelus na vida de alguém é primar pelo amor ao próximo, porque a partir do momento que você valoriza um trabalho como este de cuidado com um enfermo, que é um estado passível a qualquer pessoa, também estamos cuidando de nós mesmos, porque vivemos em sociedade e vivemos integrados. É um prazer uma satisfação presenciar este momento. Só posso desejar que essa semente que está sendo plantada seja regada por todos nós, que cresça e se fortaleça, porque todos nós vamos precisar dos frutos da Protegelus. Fico satisfeita em ver tantas pessoas importantes em cada área. São cantores, artistas, esportistas, todos unidos por uma causa como esta. Desejo sucesso a todo este trabalho e conclamo a todos para se unirem em causas como estas”, disse.

A secretária Aparecida Ramos, que também foi convidada a ser uma das voluntárias da Organização, destacou que o trabalho da ONG irá contribuir com as ações e iniciativas do Governo do Estado na área social e na saúde.“É uma iniciativa importante que vem a somar com o trabalho que o Governo do Estado está desenvolvendo na Paraíba. Estamos fazendo parte da ONG para ajudar no que for preciso e com isso enfrentarmos juntos as desigualdades sociais que existem no nosso Estado”, ressaltou a secretária Aparecida Ramos ao aderir ao Protegelus.

Durante o lançamento da ONG, a gerente executiva da Sedh, Mayara Martins, que esteve presente, citou que a Secretaria será uma parceira da Organização por meio dos projetos sociais que são executados.

Também tornaram-se Ângelus da Organização os cantores Lis Albuquerque, Diana Miranda, Yegor Gomes, Lucy Alves. O jogador da seleção brasileira de futebol Hulk também é voluntário e foi representado pela cunhada, Niris Ângelo e a jogadora de handebol Mayssa Pessoa, campeã mundial da modalidade no ano passado, é outra voluntária e foi representada por sua irmã.

O presidente da ONG, o médico George Guedes Pereira, informou que a ONG nasce em um momento importante, os 100 anos do Hospital São Vicente de Paulo.“Uma instituição centenária, com uma gestão correta merecia o suporte de uma ONG que compartilhasse com ela a sua missão, de proteger e cuidar dos enfermos mais carentes como dizia o fundador do hospital Dr. Walfredo Guedes Pereira”, ressaltou.

Outro médico voluntário da ONG é o cirurgião de cabeça e pescoço, Klécius Leite, um dos idealizadores do Projeto Semente de Mostarda, que visa à prevenção do câncer, e ao mesmo tempo oferece tratamento a pessoas acometidas pela doença por meio de cirurgias realizadas no São Vicente de Paulo.

Sobre a ONG – Ajudar os mais carentes em um dos momentos mais difíceis: o tratamento de uma doença. Esse é o objetivo da ONG Protegelus. A Organização Não Governamental conta com a parceria da Fundação Solidariedade e do movimento Nós Podemos Paraíba vai oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para pacientes do SUS e, para isso, vai reformar e incorporar o antigo abrigo ao Hospital São Vicente de Paulo. O objetivo é ampliar o número de leitos oferecidos ao SUS pela instituição.