Fale Conosco

31 de maio de 2014

Governo do Estado apoia 3º Encontro de Fé e Política, na Capital



AFP8455 270x171 - Governo do Estado apoia 3º Encontro de Fé e Política, na CapitalReligiosos e autoridades participaram do 3º Encontro de Fé e Política, que aconteceu na manhã deste sábado (31), no auditório a PBTur. O evento é realizado pela Arquidiocese da Paraíba, por meio de sua Escola de Fé e Política Dom Pedro Casaldáliga, e contou com o apoio do Governo do Estado.

O secretário de Estado da Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima, foi um dos convidados que debateu o tema do evento: “Educação Pública: violência no contexto escolar”. Ele ressaltou a necessidade de ações integradas para combater a violência juvenil. “Temos uma complexidade de natureza social, onde várias causas estão envolvidas. Por isso elas têm que ser encaradas com políticas públicas. Precisamos nos voltar para um processo endêmico. Afinal, ninguém nasce criminoso”, destacou.

AFP8447 270x178 - Governo do Estado apoia 3º Encontro de Fé e Política, na CapitalPadre Waldemir Santana é o coordenador arquidiocesano da Escola de Fé e Política Dom Pedro Casaldáliga. Para ele, a violência juvenil nas escolas é um tema que vem sendo discutido desde o século passado e precisa ser pensado por diferentes áreas do conhecimento. “A gente muitas vezes pensa que a violência nas escolas é um fato novo. Mas esse é um problema que vinha sendo discutido desde o século 19”, afirmou. “Penso que devemos deslocar essa reflexão sobre a violência juvenil para áreas como a psicologia, sociologia e religião porque elas podem oferecer a terapia adequada para o que estamos vivendo”, acrescentou.

Ainda de acordo com Waldemir, muitas vezes a violência entre os jovens nasce nos ambientes familiares. “Às vezes esses jovens sofreram dos pais, no interior do lar, os primeiros traços da brutalidade humana e muitas vezes vão colher isso depois de muitos anos”, observou.

AFP8444 270x178 - Governo do Estado apoia 3º Encontro de Fé e Política, na CapitalA Escola de Fé e Política Dom Pedro Casaldáliga desenvolve debates em torno de diferentes temáticas sociais, divididas em módulos. A missão da instituição é formar, mobilizar e conscientizar o público em geral. O encontro deste sábado faz parte dessas reflexões, como ressaltou Wigne Nadjare, que coordena a escola junto com o padre Waldemir. “Somos pautados no pensamento da igreja de que a política pública é uma forma sublime do exercício da caridade. Ela é como se fosse os nossos braços que alcançam o problema para resolvê-lo”, comparou.