Fale Conosco

22 de dezembro de 2014

Governo do Estado, ANA e Ministério da Integração planejam revitalização do rio Paraíba  



O Governo do Estado, a Agência Nacional das Águas (ANA) e o Ministério da Integração Nacional estão planejando a revitalização do rio Paraíba. A recuperação de nascentes, o reflorestamento de matas ciliares, a revitalização de áreas degradadas e o tratamento do esgotamento sanitário ao longo da bacia hidrográfica foram discutidos na manhã desta segunda-feira (22), durante uma reunião em Campina Grande.

O encontro entre o presidente da Agência Executiva da Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), João Vicente Machado Sobrinho, e o coordenador do Departamento de Projetos Estratégicos do Ministério da Integração, José Luiz de Sousa, colocou a regeneração do rio Paraíba como ação prioritária para 2015.

“Estamos nos preparando para receber as águas do rio São Francisco, que em parte vão ser aproveitadas ao longo da bacia hidrográfica do rio Paraíba. Então vamos priorizar a atualização do plano de bacia da região, que vai nos dar o diagnóstico exato do que precisa ser feito. E nesse aspecto vamos contar com o apoio da ANA, que tem experiência nessa área e já se colocou à disposição para nos auxiliar”, informou João Vicente.

Além dos órgãos federais e estaduais, o projeto de revitalização deve envolver as prefeituras dos municípios situados ao longo do rio. “É um trabalho árduo que tem de ser feito por muitas mãos, uma vez que a bacia vem sofrendo ao longo de anos com a degradação ambiental. Vamos equilibrar os ecossistemas para garantir a segurança hídrica dos paraibanos com água constante, contínua e de boa qualidade”, destacou José Luiz.

O rio Paraíba nasce na serra do Jabitacá, no município de Monteiro, e tem aproximadamente 300 quilômetros de extensão. Sua bacia hidrográfica abrange uma área superior a 20 mil quilômetros quadrados. É a segunda maior do Estado, pois engloba 38% do território, abrigando quase dois mil habitantes, envolvendo cidades de alta densidade demográfica como João Pessoa e Campina Grande.