João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado amplia número de Feiras do Produtor Rural

terça-feira, 29 de dezembro de 2015 - 10:43 - Fotos:  Antonio David

A estiagem prolongada e a crise financeira não impediram a expansão das Feiras de Produtores organizadas pelo Governo do Estado, por meio da Emater. Foram instaladas 30 novas feiras, com a comercialização de 80 toneladas de produtos e faturamento de R$ 6,3 milhões durante no ano de 2015, representando um percentual de crescimento de 50% em relação ao ano de 2014.

Quando foram iniciadas as atividades da Gestão Unificada, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), em janeiro de 2015, existiam 21 Feiras de Produtores.

“São R$ 6.350.398,50 que passaram a circular com o funcionamento das feiras, representando um crescimento em torno de 50% em relação ao mesmo período do ano passado”, comentou o coordenador das Feiras dos Produtores, Severino Henrique de Lima.

Atualmente, são 677 famílias agricultaras comercializando seus produtos com acompanhamento dos técnicos das unidades operadoras da Emater em seus municípios. Severino Henrique destacou que o resultado da comercialização de produtos agrícolas proporcionou melhoria da qualidade de vida das famílias rurais, como também tem permitido aos agricultores, a partir das conversas com os consumidores e com a orientação técnica, melhorar a qualidade de seus produtos.

Mesmo com a estiagem verificada em toda Paraíba, cinco municípios conseguiram se destacar com o crescimento da presença de produtos comercializados nas feiras. Foram João Pessoa, Campina Grande, Areia, Tavares e Água Branca, no Sertão que, usando a água disponível de forma racional mantiveram a produção no período para atender a clientela.

A diversidade de produtos comercializados é grande, com destaque para os mais procurados nas feiras, entre outros, como o abacaxi, abacate e acerola, além do mel de abelha, queijo de manteiga, tapioca e outros produtos não agrícolas da agricultura familiar.

Em alguns municípios, como Campina Grande e João Pessoas, orientados pela Emater, os agricultores criaram associações para defender seus direitos e trabalhar com a capacitação do produtor rural através de cursos, além da melhoria da qualidade de produção com a agregação de valor aos produtos comercializados.