João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado alfabetiza 50 mil jovens e adultos na Paraíba

segunda-feira, 14 de maio de 2012 - 09:50 - Fotos:  MEC

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE), alfabetizou 50 mil pessoas, no ano de 2011, em toda a Paraíba. A ação faz parte do Plano Estadual de Alfabetização Ler, Entender e Fazer, política estadual de alfabetização de jovens e adultos, através do Programa Brasil Alfabetizado (PBA). Os números revelam o comprometimento da Gestão com a Educação do Estado.

O Brasil Alfabetizado é destinado ao atendimento de jovens e adultos, a partir dos 15 anos de idade. Ele funciona por ciclos que têm a duração de seis meses, sendo 10 horas por semana. Desse total, 13 mil pessoas foram alfabetizadas por meio do convênio firmado com a UEPB, onde alunos das licenciaturas alfabetizam jovens e adultos. “Nessa parceria, os universitários receberam uma bolsa do Programa Brasil Alfabetizado e também um complemento pago pelo Governo do Estado, assim como os professores da UEPB, que também receberam bolsa para atuarem como orientadores”, destaca Maria Oliveira, gerente executiva de Educação de Jovens e Adultos da SEE.

Os alfabetizandos jovens e adultos matriculados no PBA receberam uma bolsa/poupança mensal, cujo valor só poderia ser retirado mediante a comprovação da frequência das atividades no Programa de Alfabetização, a partir do encerramento das atividades.

Continuidade da escolaridade – Após a alfabetização, para dar continuidade à escolaridade, a SEE oferece Educação para Jovens e Adultos (Eja) desde o ensino fundamental até o ensino médio. Só no ano de 2011, mais de 76 mil pessoas deram continuidade aos seus estudos no Estado, por meio do Projovem Urbano e das turmas do Eja.

ProJovem Urbano – Através do programa que promove a inclusão social dos jovens brasileiros, de 18 a 29 anos, que  não concluíram o ensino fundamental foram atendidos, em janeiro deste ano, 1.874 estudantes de doze municípios (Bayeux, Alagoa Grande, Pedras de Fogo, Sapé, Sumé, Monteiro, Solânea, Araruna, Cuité, Conceição, Catolé do Rocha e Uiraúna). Todos concluíram o Ensino Fundamental em um ano e seis meses de estudos.

Educação de Jovens e Adultos – A Eja está presente em 523 escolas das 809 unidades da rede estadual de ensino. Nesta modalidade, 39.749 pessoas foram matriculadas no 1º e 2º segmentos do Ensino Fundamental de Eja em 2011, de acordo com o Censo Escolar. Também de acordo com o Censo, no Ensino Médio da Eja, 30.056 foram matriculadas em 2011.

Na modalidade semipresencial, que acontece nos Centros de Educação de Jovens e Adultos (Cejas), foram matriculados 1.820 alunos no ensino de 5ª à 8ª série e 3.047 no ensino médio, em 2011. Em todo o Estado funcionam 10 Cejas nos municípios de João Pessoa, Mari, Campina Grande, Patos, Sousa, Itaporanga, Catolé do Rocha e Cajazeiras.

Para ingressar nos Cejas, no ensino fundamental os alunos devem ter, no mínimo, 15 anos. Já para o ensino médio, 18 anos. Os interessados devem procurar um dos Centros e realizar a matrícula. “Os Cejas funcionam na modalidade semipresencial, onde o aluno leva o material para estudar em casa, volta ao centro em caso de dúvidas e quando se sentir apto retorna para fazer as avaliações, que são realizadas por módulos em todas as disciplinas”, explica Maria Oliveira.