João Pessoa
Feed de Notícias

Governo do Estado abre evento de promoção e prevenção à saúde do trabalhador

segunda-feira, 4 de abril de 2016 - 13:06 - Fotos:  Ricardo Puppe

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES) abriu na manhã desta segunda-feira (4) a programação do Abril Verde, evento para promover a saúde do trabalhador e prevenir acidentes de trabalho. A abertura do Abril Verde, cuja programação será coordenada pelo Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest-PB), aconteceu na sede da SES, em João Pessoa.

As atividades do Abril Verde acontecerão durante todo o mês em alusão ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Adoecimento no Trabalho, que ocorrerá no próxima dia 28. Participaram da solenidade a diretora-geral do Cerest, Celeida Barros, assim como vários representantes de instituições parceiras.

A diretora-geral do Cerest-PB destacou a importância do Abril Verde. “A cada 15 segundos uma pessoa morre, no mundo, por acidente de trabalho. O mais impressionante é que, na maioria das vezes, não se faz associação entre a morte e o acidente. Por isso, é muito importante que tenhamos políticas de discussão em torno do tema, para que criemos meios de redução máxima desse tipo de acidente”, afirmou Celeida Barros.  

A diretora-geral da Agência de Vigilância Sanitária da Paraíba (Agevisa-PB), Glaciane Mendes, lembrou do papel da Agência nesta luta pela saúde do trabalhador. “Quando fiscalizamos produtos e serviços, atos sob nossa competência, também verificamos as condições de trabalho, com o objetivo de prevenir o risco à saúde do trabalhador”, disse.

Para a representante da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Luzenira Linhares, os sindicatos devem desenvolver políticas permanentes para manter a saúde do trabalhador e prevenir acidentes de trabalho. “Este combate tem que estar na agenda sindical e dos empregadores, pois, somente dessa forma, implementarão as medidas de prevenção coletiva, em cumprimento da legislação, mantendo saudável o ambiente de trabalho”, ressaltou.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado da Paraíba (Sintell), Wallace Pereira, no setor das telecomunicações acontecem muitos acidentes. “Estamos nesta luta de forma constante. Somos membro da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador (CIST), que tem como objetivo acompanhar todos os processos referentes aos acidentes de trabalho”, destacou.

Programação – O Cerest-PB, com outras instituições que trabalham com o tema de prevenção à saúde nos locais de trabalho, promoverá, ao longo do mês, diversas atividades. Entre elas, capacitações e palestras com profissionais de saúde e ainda com trabalhadores sem vínculo empregatício, a exemplo de catadores de produtos reciclados e motoboys.

A programação do Abril Verde prevê ainda a realização de uma feira, no dia 28, na qual serão prestados diversos serviços, como acesso a documentos como CPF e Carteira de Trabalho. Vacinação, aferição da pressão arterial e teste de glicemia também estarão disponíveis. O local da feira ainda será definido. 

História – Em 28 de abril de 1969, uma explosão em Farmington, estado da Virgínia, nos Estados Unidos, deixou 78 mineiros mortos. Em 2003, em memória às vítimas, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) adotou a data como o dia oficial da segurança e saúde nos locais de trabalho. Em maio de 2005, foi instituído o Dia Nacional em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho.

 

Confira as instituições que participam do Abril Verde:

 

Superintendência Regional do Trabalho e Emprego na Paraíba (SRTE);

Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS);

Polícia Rodoviária Federal (PRF);

UFPB /Nesc – Núcleo de Estudos em Saúde Coletiva;

Sistema Social de Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/Senat);

Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea – PB);

Associação Nordestina de Resgate e Administração de Emergências (Andrae);

Sistema Nacional de Empregos (Sine – PB);

Empreender;

Conselho Estadual de Saúde (CES);

Corpo de Bombeiros;

Central Única dos Trabalhadores (CUT);

Associação Dos Ambulantes e Trabalhadores Em Geral da Paraíba (Ameg);

Sindicato dos Técnicos de Segurança do Trabalho do Estado da Paraíba (Sintest-PB);

Sindicato dos Comerciários;

Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado da Paraíba (Sintell);

Federal dos Trabalhadores da Agricultura (Fetag);

Sindicato da Construção Civil (Sintricon);

Sindicato dos Bancários;

Sindicato dos Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais da Paraíba (Sinfito – PB);

Nova Central Sindical dos Trabalhadores da Paraíba;

Central Geral dos Trabalhadores da Paraíba (CGT);

Sindicato das Indústrias Têxteis (Sinditêxtil – PB);

Sindicato dos Calçadistas (Sintical – PB).