João Pessoa
Feed de Notícias

Governo divulga balanço da Segurança Pública

segunda-feira, 4 de junho de 2012 - 17:06 - Fotos: 

Foto: José Marques/Secom-PB

A Paraíba está conseguindo reduzir os índices de homicídio e crimes violentos patrimoniais, contrariando um crescimento vertiginoso da criminalidade observado nos últimos 11 anos. Com uma política de segurança focada em resultados, a polícia registrou uma queda de 4,3% no número de homicídios, de janeiro a maio de 2012, em relação ao mesmo período do ano passado.

Nos primeiros cinco meses do ano, foram registrados 667 assassinatos, 30 a menos que no mesmo período de 2011. No mês de maio foram contabilizados 104 homicídios, sendo o menor número registrado desde outubro de 2009.

A polícia também aumentou o número de apreensões de armas e drogas. Foram retiradas de circulação 1210 armas de janeiro a maio de 2012, 48% a mais que no mesmo período do ano anterior. A quantidade de crack apreendida cresceu 135% no período.  Houve, ainda, a redução de 60% dos assaltos a instituições bancárias com uso de explosivos.

O balanço dos dados da segurança e os resultados positivos obtidos nos 17 meses da atual gestão foram apresentados nesta segunda-feira (4), durante uma coletiva de imprensa no Palácio da Redenção. O governador Ricardo Coutinho fez questão de ressaltar que o momento não é de comemoração. “Não é hora de festejar, mas de compartilhar os desafios e os avanços obtidos durante a gestão. Estamos vencendo etapas e existe uma condição plena de reversão da violência. Queremos fechar 2012 com números bem melhores”, afirmou o governador.

Foto: José Marques/Secom-PB

Os dados absolutos serão divulgados, trimestralmente, no Portal do Governo, no endereço www.paraiba.pb.gov.br.

O governador destacou o emprego de uma metodologia que permita ao Estado acompanhar concretamente a evolução da segurança e realizar uma projeção do futuro baseada no alcance de metas. “Construímos um banco de dados para acompanhar as ocorrências de violência, o que não existia antes. Sem isso, não teríamos condições de projetar as metas e reduzir os indicadores de criminalidade”, afirmou Ricardo Coutinho, acrescentando que em 2010, mais de 80 homicídios deixaram de ser contabilizados pelo Estado.

Incentivo aos policiais – De acordo com o governador, o Estado continuará priorizando a segurança pública, investindo no reaparelhamento e capacitação das polícias e outras ações que visam garantir a retomada da tranquilidade na Paraíba. “As polícias estão trabalhando muito, já apreenderam muitas armas e eu quero estimular ainda mais. Para isso, está sendo regulamentada a lei de bonificação por apreensão, com valores que vão de R$ 300 a R$ 1.500 por arma apreendida”, garantiu.

De acordo com o secretário Cláudio Lima, a integração dos órgãos operativos da Segurança Pública é uma das bases do modelo de gestão adotado na Paraíba e vem contribuindo decisivamente na melhoria dos índices criminais. “Temos uma polícia cada vez mais empenhada, que entende a integração como o melhor caminho para combater a criminalidade. Avançamos muito e vamos continuar avançando, na busca por uma Paraíba Unida pela Paz”, afirmou o secretário.

Na ocasião, o governador enalteceu o trabalho dos policias e cobrou empenho dos diversos órgãos operativos na consolidação de ações integradas. “A integração das polícias é o que existe de mais aprimorado no campo da segurança pública, por isso é nossa estratégia de Governo. O Disp de Manaíra é a primeira experiência nesse sentido e queremos que seja bem sucedida”.

Presenças – Também participaram da solenidade o comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Jair de Barros; o delegado geral da Polícia Civil, Severiano Pedro; o corregedor geral da Seds, Elias Siqueira; o diretor do IPC, Humberto Pontes; o superintendente do Detran, Rodrigo Carvalho;  a secretária de Comunicação, Tatiana Domiciano; o secretário de Administração Penitenciária, Washington França, e os deputados Lindolfo Pires (DEM) e Hervásio Bezerra (PSDB).