Fale Conosco

17 de agosto de 2016

Governo disponibiliza serviços durante Parada do Orgulho LGBT de João Pessoa



O Governo do Estado disponibilizará tendas do Espaço LGBT e uma unidade móvel da Delegacia Especializada em Crimes Homofóbicos, além da Delegacia Especializada da Mulher, durante a Parada do Orgulho LGBT de João Pessoa, que acontecerá neste domingo (21), às 17h. A concentração será em frente ao Sesc, na praia do Cabo Branco.

A Parada do Orgulho LGBT é uma realização do Movimento do Espírito Lilás (MEL), Astrapa, Movibi, Cordel Vida, Coletivo de Homens Trans (Petris) e Levante Popular da Juventude e conta com apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana, Secretaria de Segurança Pública, Coordenadoria das Delegacias de Mulheres e Espaço LGBT.

O tema deste ano será “Combatendo a LGBTfobia nas Ruas e nas Urnas”. Além das Tops Drags, as atrações principais são a cantora Renata Arruda e o Grupo Raízes. A saída da concentração será às 19h em direção ao Busto de Tamandaré, em Tambaú.

“Mais uma vez estaremos demonstrando a nossa força de mobilização e reafirmando a nossa luta contra qualquer tipo de preconceito e discriminação. Nesse momento de avanço do conservadorismo e fundamentalismo de várias matrizes, daremos um grito de liberdade. Liberdade de ser e de amar de todas as formas”, disse Luciano Vieira, do MEL.

Espaço LGBT – O Governo do Estado montará tenda do Centro Estadual de Referência dos Direitos de LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) e Enfrentamento à Homofobia da Paraíba – Espaço LGBT, um serviço coordenado pela Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana. Os profissionais estarão no evento divulgando o serviço, prestando orientação. Haverá distribuição de preservativos.

O Espaço LGBT realiza busca ativa e oferece atendimento psicossocial e jurídico em sua sede, na Capital, e por meio de ações itinerantes nos municípios do interior do estado.  Promove seminários, cursos, oficinas de capacitação, campanhas educativas e apoia eventos do movimento LGBT. Também disponibiliza estágio nas áreas de direito, psicologia e serviço social. Em funcionamento desde 2011, o serviço cadastrou 1.020 usuários (as), até julho de 2016 – a maioria jovem, entre 18 e 29 anos, de identidade de gênero feminina (lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais) e realizou 10.164 atendimentos.