João Pessoa
Feed de Notícias

Governo discute novo modelo de assessoramento de extensão rural no Estado

terça-feira, 14 de abril de 2015 - 11:57 - Fotos: 

Técnicos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater-PB), integrante da Gestão Unificada (GU) Emater/Emepa/Interpa, vinculada à Secretaria do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), estão reunidos na sede do órgão, na estrada de Cabedelo, para discutir propostas do novo modelo de assessoramento de assistência técnica e extensão rural no Estado. O encontro foi aberto pelo diretor técnico da empresa, Vlaminck Saraiva, e segue até esta quarta-feira (15), após construção pelos participantes, de documento com novo tipo de assessoramento destinada à empresa e a ser  legitimado pela Gestão Unificada.

O ponto alto do evento, segundo a comissão organizadora, será a palestra do pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), José de Souza Silva, que falará sobre um novo paradigma de assessoramento para uma nova ATER. Participam do I Encontro de Assessores, 60 extensionistas entre assessores regionais e estaduais das 15 regiões administrativas da Emater, representando os municípios de João Pessoa, Areia, Catolé do Rocha, Campina Grande, Cajazeiras, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, Princesa Isabel,Patos, Picui,Pombal,Solânea, Sousa e Serra Branca.

Para o coordenador da Coordenadoria de Operações da Emater (Coper), Alexandre Alfredo, a importância do encontro está na construção de uma metodologia padrão para que as ações de Ater sejam uniformizadas em todo o Estado, apresentando definições de abordagem, identificação das demandas, planejamento e monitoramento. “Isso deverá ser realizado em conjunto com as unidades operativas locais, proporcionando uma assistência técnica continuada”, explicou o coordenador, acrescentando que todo o trabalho deverá seguir os princípios da sustentabilidade e direcionado para situação de autonomia técnica, econômica, ambiental e social das unidades familiares de produção.

Entre outras ações, a extensão rural tem por objetivo estimular e apoiar iniciativas de desenvolvimento rural sustentável, que envolvam atividades agrícolas e não agrícolas, pesquisas, de extrativismo, tendo como foco o fortalecimento da agricultura familiar, buscando a melhoria da qualidade de vida dentro dos princípios da agroecologia.