Fale Conosco

2 de agosto de 2013

Governo discute estratégias para desenvolvimento do setor náutico na Paraíba



Definir estratégias para estruturar o setor náutico na Paraíba. Este foi o tema de uma reunião entre secretarias de Estado, gestores públicos, Capitania dos Portos, donos de marinas e representantes de órgãos ligados ao turismo e meio ambiente, nessa quinta-feira (1), na Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), para debater a criação de um planejamento estratégico com a finalidade de organizar o setor de indústria e turismo náutico do Estado.

Essa foi a terceira reunião do Comitê Náutico da Paraíba, coordenado pelo secretário de Indústria e Comércio da Paraíba, Marcos Procópio. Segundo ele, as reuniões têm como objetivo fomentar a indústria náutica no Estado e fomentar os eventos ligados ao setor, assim como toda cadeia que é fonte geradora de empregos e renda.

O encontro aconteceu na Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep) e participaram da reunião representantes da Prefeitura de Cabedelo, Prefeitura de Lucena, Capitania dos Portos, Companhia Docas da Paraíba, IFPB, Sudema, Cagepa, Fiep e entidades de mergulho, pesca, marinas e turismo.

Durante a reunião foram debatidas ações para estruturação da orla da Paraíba, construção de novas marinas, projetos de píeres, incentivos para a manutenção das embarcações, além de eventos para estimular o desenvolvimento do setor.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente de Cabedelo, Walber Marques, a cidade portuária concentra também todas as marinas e garagens náuticas do estado, sendo de fundamental importância melhorar a estrutura do setor. “O turismo náutico estava de certa forma parado. Com este ordenamento que estamos planejando queremos impulsionar o desenvolvimento do setor náutico, que pode trazer muitos recursos para todo o estado”, completou o secretário.

A formação do Comitê Náutico da Paraíba poderá dar maior celeridade aos projetos para o setor, de acordo com o presidente da Associação Náutica da Paraíba (ANPB), Matheus Ribeiro, que defende a construção de píeres para embarque e desembarque, além de um posto de combustível para as embarcações. “Projetos para isto precisam tramitar em muitos órgãos e com todos aqui sentados à mesa facilita o planejamento das marinas e dos empresários para trazer os melhores resultados para todos que desfrutam do lazer marítimo”, disse.

Além do caráter turístico, o setor náutico promove o desenvolvimento da pesca, bem como a cadeia industrial e de manutenção das embarcações. É um segmento que, articulado com o turismo e produção, promoverá desenvolvimento e emprego para a Paraíba, conforme as palavras do secretário de Indústria e Comércio da Paraíba, Marcos Procópio.

Temos a rede hoteleira crescente, estamos concluindo o Centro de Convenções e as atividades ligadas ao mar sendo fomentadas. Precisamos agora concatenar estas ações, junto também com o conhecimento que o IFPB está trazendo vamos atrair mais indústria, mais turismo, capacitar as pessoas e conseguir bons resultados para a Paraíba”, sintetizou o secretário.

A próxima reunião do Comitê já tem data marcada e acontecerá no próximo dia 27 também na Cinep. Na pauta estará a discussão sobre as demandas da pesca na Paraíba; a formalização jurídica do Comitê; e criação de uma “Semana Náutica”.