Fale Conosco

22 de janeiro de 2016

Governo desenvolve metodologia para dinamizar cursos profissionalizantes da EJA



Estão abertas as matrículas para os cursos profissionalizantes das turmas de Educação de Jovens e Adultos (Ejatec), realizados pelo Governo Federal em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE). Este ano, a Paraíba desenvolveu uma metodologia própria, que vai dinamizar o ensino, com tecnologia. Estão sendo oferecidos 12 cursos. A previsão é que as aulas comecem no dia 15 de fevereiro.

Antes, as aulas do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica, na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), aconteciam apenas em salas de aula tradicionais. Agora, com a adaptação para o Ejatec, várias escolas estão sendo preparadas com telão, computadores, pen-drives e outros itens tecnológicos, que vão tornar o aprendizado mais ágil.

 “Os alunos vão usar um portal, desenvolvido pelo Governo do Estado, para dar suporte aos cursos, com vídeos, fotos, interatividade com outros professores etc. Além disso, eles poderão acessar esse portal de outros computadores, tablets ou celulares”, explicou o coordenador do Ejatec, Antônio Alencar.

Outra mudança por meio do novo sistema é que antes os cursos duravam até quatro anos. Agora os alunos do EJA, se decidirem ingressar nos cursos profissionalizantes, vão concluir os estudos em um ano e meio. “Sabemos que, atualmente, a maioria dos jovens não pensa apenas em terminar os estudos de forma regular. Eles querem se qualificar e concluir os estudos com meios que o ajudem a ingressar no mercado de trabalho de forma mais rápida”, comentou o coordenador do Ejatec. 

Cursos – Estão sendo ofertados 12 cursos profissionalizantes no Ejatec: recepcionista em meios de hospedagens, operador de telemarketing, fotógrafo, repositor de mercadorias, operador de computadores, operador de caixa, assistente administrativo, vendedor de comércio varejista, apoio ao usuário de informática, condutor de turismo de aventura, desenvolvedor de aplicativos de mídias digitais e desenvolvedor de vídeos. Cada turma comporta até 30 alunos.

“Vamos iniciar em fevereiro com cerca de 30 escolas, mas ao longo do ano vamos ampliando esse número em todo o Estado. A nossa meta é terminar 2016 com mais de seis mil alunos no Ejatec, nas 14 Gerências Regionais de Educação (GRE) da Paraíba”, finalizou Antônio Alencar.