Fale Conosco

21 de dezembro de 2015

Governo define a quarta-feira como Dia da Faxina contra o Aedes aegypti



A quarta-feira será o Dia da Faxina nos órgãos estaduais no combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite os vírus da dengue, zika e chikungunya. Para isso, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou na manhã da segunda-feira (21) uma oficina, no auditório do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) da Universidade Federal da Paraíba, para representantes de vários órgãos estaduais. O objetivo é conscientizar a sociedade sobre a importância da prevenção para evitar a proliferação de focos do mosquitoe, assim, dedique um dia da semana para fazer limpeza geral em sua residência.

A gerente de Saúde da 1ª GRS, Jassiara Morais, informou que, diferente do Ministério da Saúde, que instituiu o dia da faxina aos sábados, nos órgãos do Governo do Estado o dia será a quarta-feira. “Nós pactuamos, o Estado junto com seus servidores, para que o dia da faxina seja a quarta-feira, ou seja, nas quartas todos os servidores irão fazer uma vistoria no seu ambiente de trabalho, buscando água parada, lixo acumulado, entre outros ambientes que possibilitam a proliferação do mosquito. Esperamos que cada um se conscientize para que possamos vencer essa luta contra o Aedes”, disse Jassiara.

A gerente da 1ª GRS lembrou a importância da limpeza semanal dos locais. “O dia da faxina deve ser realizado semanalmente, para que assim possamos quebrar possíveis criadouros do Aedes, pois desde a larva até se tornar mosquito, o ciclo é de oito dias, ou seja, se toda semana for feita uma vistoria, e for encontrado o vetor, podemos interromper o ciclo, eliminando assim mais um foco. É de grande importância ressaltar que isso não é trabalho só do governo, e sim de toda a população. Devemos lutar juntos para vencer o mosquito Aedes, e ter essa consciência é fundamental para sua erradicação”, concluiu.

Durante toda a manhã desta segunda-feira, profissionais da Vigilância Epidemiológica da SES abordaram vários assuntos relacionados ao tema, entre eles o Plano Estadual de Combate ao Aedes, a importância da prevenção, o Dia da Faxina e o aplicativo ‘Aedes na mira’, durante a oficina com representantes dos órgãos estaduais.

“Esse evento é o resultado de um chamamento da SES junto aos órgãos do Governo do Estado, para que juntos todos se conscientizem que estamos vivendo um momento crítico relacionado ao mosquito Aedes Aegypti. O momento agora requer que tenhamos mais cautela, mais cuidado, afinal de contas estamos todos unidos numa guerra contra o mosquito”, disse Jassiara Morais.