João Pessoa
Feed de Notícias

Governo debate energias alternativas e sustentabilidade para agricultores familiares

sábado, 11 de abril de 2015 - 09:14 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento do Semiárido participou nessa quinta (9) e sexta-feira (10) do I Fórum da Energia Solar e I Conferência Regional da Sustentabilidade Ambiental, no auditório da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na cidade de Pombal. Foram debatidas a sustentabilidade ambiental, as potencialidades do semiárido para a utilização da energia eólica e solar, as políticas públicas e os financiadores desse desenvolvimento.

Durante o evento, foi elaborada uma agenda de prioridades para formulação de políticas públicas para energias alternativas no semiárido brasileiro. Na sua explanação, a secretária executiva da Agricultura Familiar, Mali Trevas, informou que o Governo do Estado planeja adquirir 100 sistemas de pequena irrigação utilizando a energia solar para 100 agricultores familiares. A iniciativa tem previsão de investimentos na ordem de R$ 472 mil.

“A intenção é levar esse projeto a diversos agricultores familiares, pois o semiárido paraibano possui clima propício para esse tipo de energia”, afirmou o secretário da Agricultura Familiar, Lenildo Morais, destacando ainda que a energia solar tem capacidade para gerar energia para uma bomba d’agua para poço semi-artesiano, com finalidade de uso doméstico, irrigação em hortaliças, e ainda, geladeira, televisão, antena parabólica e quatro bicos de lâmpadas.

Participaram do evento, pesquisadores, órgãos de fomento, planejadores, políticos, representantes da sociedade civil, além de representantes do Governo do Estado. “Durante as conferências, os participantes foram divididos em grupos, coordenados por especialistas, e discutiram temas distintos sobre energias alternativas. Abrangemos assim a escala local e regional”, destacou a gerente da agência do Sebrae em Pombal, Maria do Socorro Félix.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Agricultura Familiar, apresentou no evento as políticas públicas contidas dentro do planejamento estratégico apresentado ao governador Ricardo Coutinho para a implantação de energia solar no semiárido paraibano. Entre os representantes da secretaria, estavam também os técnicos José Coutinho e Gildo César.

“Todos estamos unidos e preocupados com a escassez dos recursos hídricos e em busca de políticas públicas. Para elaborar uma agenda de prioridades de modo democrático e articulado. Além da falta de água, há limitações da atual matriz energética que cobre a região”, acrescentou a secretaria executiva, Mali Trevas.