Fale Conosco

15 de dezembro de 2016

Governo da Paraíba realiza última etapa da 2ª Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena



O Governo do Estado, por meio da Gerência Executiva de Diversidade e Inclusões (Gedi) da Secretaria de Estado da Educação (SEE), realizou, nesta quinta-feira (15), a última etapa da 2ª Conferência Nacional de Educação Escolar Indígena (Coneei), em âmbito estadual. O evento, realizado em Rio Tinto, acontece em todo o país. O objetivo é consolidar a política nacional de educação indígena, do Ministério da Educação (MEC). De acordo com o IBGE, a Paraíba tem 23 mil índios.

As propostas registradas nas etapas locais serão levadas para as regionais, que devem acontecer no primeiro semestre do próximo ano. Depois vem a etapa nacional, marcada para novembro de 2017. Antes de Rio Tinto, as etapas locais da Coneei foram realizadas em Baía da Traição, no dia 1º de dezembro; no Conde, no último dia 4; e Marcação, na terça-feira passada (13). Dessa forma, foram contempladas cerca de 300 representantes de quatro comunidades educativas de índios potiguaras e tabajaras do Estado, localizadas nos municípios de Baía da Traição, Marcação, Rio Tinto e Conde.

De acordo com a assessora pedagógica do núcleo indígena da Gedi/SEE, Fernanda Tavares, a realização das conferências amplia o diálogo entre o poder público e a comunidade indígena no sentido de melhorar a educação e o protagonismo dessas comunidades em todo o Brasil. “Foi muito boa a participação de todos, conseguimos mobilizar professores, lideranças indígenas, representação de idosos e pais de alunos, com objetivo de construir propostas bem interessantes voltadas à melhoria de ensino para essas comunidades”, declarou.

Além do Governo do Estado, integraram a comissão organizadora da Coneei na Paraíba, a Fundação Nacional do Índio (Funai), Organização dos Professores Indígenas da Paraíba (Opip), universidades e outras instituições.