João Pessoa
Feed de Notícias

Governo da Paraíba realiza primeira compra do PAA estadual na região de Itabaiana

quinta-feira, 10 de setembro de 2015 - 12:37 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Emater-PB, Empresa Integrante da Gestão Unificada Emepa/Interpa/Emater (GU), realizou a primeira compra do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA Estadual – Doação Simultânea na quarta- feira (9), em Itabaiana. O evento, promovido pela coordenadoria regional da empresa, ocorreu na Secretaria de Agricultura do município e contou com a presença de autoridades do setor público agrícola, assessores estaduais e regionais, além dos extensionistas responsáveis pelo programa na região.

De acordo com o coordenador da Emater em Itabaiana, Paulo Emílio de Souza, foram comercializadas para oito entidades do município, dentre elas, escolas, Peti e Cras, mais de quatro toneladas de macaxeira e batata doce, oriundas da agricultura familiar, num montante de recursos de R$ 5,8 mil pagos diretamente às famílias agricultoras. Dentre os beneficiários estavam os agricultores Norberto Muniz, Gilson Moreira e Moacir Muniz, todos do Assentamento Almir Muniz.

As escolas municipais contempladas foram Dr. Antonio Batista Santiago, Débora Maroja Guedes, Sebastião Rodrigues de Melo, Nossa Senhora das Graças e Escola 31 de Março.

A modalidade Compra com Doação Simultânea promove a articulação entre a produção da agricultura familiar e as demandas locais de suplementação alimentar, além do desenvolvimento da economia local. Os produtos adquiridos dos agricultores familiares são doados às pessoas em insegurança alimentar, por meio da rede socioassistencial ou equipamentos públicos de segurança alimentar e à rede pública e filantrópica de ensino.

“A compra com Doação Simultânea permite a aquisição de alimentos in natura ou processados, enriquecendo os cardápios dos beneficiários consumidores. O fornecimento de produtos orgânicos é privilegiado, sendo possível incluir até 30% a mais do que o valor pago para o alimento convencional”, explicou Paulo Emílio. Para participar da modalidade, os agricultores devem possuir a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).

Os recursos são depositados diretamente na conta bancária dos agricultores familiares, que podem sacar o dinheiro com cartão bancário específico do PAA ou utilizá-lo em operações de débito. Já os pagamentos são feitos regularmente todo mês, o que permite que o agricultor receba o recurso no máximo 30 dias após cada entrega de produtos. A operação do programa também evita o desabastecimento das entidades recebedoras dos alimentos.