João Pessoa
Feed de Notícias

Governo da Paraíba realiza 35ª Semana Cultural José Lins do Rego

terça-feira, 23 de maio de 2017 - 09:21 - Fotos:  Thercles Silva

Música, literatura e artes visuais celebram a obra e o universo literário zelinianos. Assim promete ser a 35ª edição da Semana Cultural José Lins do Rego, que presta homenagem ao escritor paraibano. A programação completa foi divulgada nessa segunda-feira-feira (22), pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), responsável pela ação, que acontece de 1º a 3 de junho, no local. Na quinta-feira, (1º de junho), a programação será aberta com apresentação do Quinteto de Cordas da Escola Estadual de Música Anthenor Navarro (EEMAN), às 9h, na Praça do Povo. O acesso à programação é gratuito.

Após a apresentação, será aberta no museu José Lins do Rego a exposição do artista visual Elpídio Dantas, inspirada na obra do escritor homenageado, autor de obras como “Menino de Engenho”. Ainda na quinta-feira, às 20h30, a Orquestra Sinfônica da Paraíba apresenta concerto em homenagem ao romancista sob regência do maestro Luiz Carlos Durier.

Na sexta-feira (2), às 9h, o professor Janduhi Dantas Nóbrega lança o livro “Menino de Engenho em Cordel”. O lançamento será no auditório 1, rampa 1 do mezanino 2.

Fechando a programação, no sábado (3), estará aberta a visitação da exposição no Museu José Lins do Rego, das 8h às 18h.

O escritor – José Lins do Rego Cavalcanti, patrono do Espaço Cultural, nasceu no dia 3 de junho de 1901, no Engenho Corredor, em Pilar. Começou a estudar no Instituto Nossa Senhora do Carmo, em Itabaiana, no ano de 1911, e em seguida no Colégio Diocesano Pio X, dirigido pelos Irmãos Maristas, em João Pessoa. Em 1917, publicou no Diário do Estado o primeiro artigo sobre Aluísio Azevedo. Formou-se em direito na Faculdade do Recife e, em 1932, publicou “Menino de Engenho”, seu primeiro romance.

O romancista morreu no dia 12 de setembro de 1957, no Rio de Janeiro, no Hospital dos Servidores do Estado, onde estava internado com problemas hepáticos. Seu corpo foi velado, em câmara ardente, na Academia Brasileira de Letras e sepultado no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

FUNESC por Thercles Silva-6120Museu – A vida literária do escritor está reunida num museu inaugurado no dia 19 de abril de 1985 no Espaço Cultural José Lins do Rego, outra homenagem ao poeta. São mais de cinco mil volumes, catalogados e informatizados, do acervo bibliográfico do escritor. Livros, documentos, cartas, manuscritos de obras que terminaram em livros e histórias guardadas na biblioteca particular do escritor e que estão reunidas no museu para conhecimento do público.

Todo acervo é enriquecido com telas, fotografias, cartas, comendas e objetos pessoais do escritor, como a máquina de costura da família, onde foi feito o enxoval de José Lins, filho ilustre de seu João e dona Amélia do Rego Cavalcanti. O museu é aberto ao público diariamente e oferece opção de agendamento de visitas para escolas da rede pública e privada. O horário de funcionamento de segunda a sexta é das 8h às 18h. Aos sábados e domingos, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Contato: fone (83) 3211 6272 – e- mail: museufunescpb@gmail.com.

Serviço:

35ª Semana Cultural José Lins do Rego – 1 a 3 de junho de 2017

Programação

Quinta-feira (01/06)

9h -  Apresentação do Quinteto de Cordas da EEMAN

Local: Praça do Povo

9h30 – Exposição do artista visual Elpídio Dantas (in memoriam) “Obra de José Lins do Rego”

Local: Museu José Lins do Rego

20h30 – Concerto da OSPB em homenagem a José Lins do Rego, regência: Luiz Carlos Durier

 

Sexta-feira (02/06)

9h – Lançamento do livro “Menino de Engenho em Cordel”, do professor Janduhi Dantas Nóbrega

Local: Auditório 1, rampa 1, mezanino 2

 

Sábado (03/06)

8h às 18h – Visitação à exposição do artista visual Elpídio Dantas (in memoriam) “Obra de José Lins do Rego”

Local: Museu José Lins do Rego