João Pessoa
Feed de Notícias

Governo cria Prêmio para experiências em desenvolvimento sustentável com foco na agroecologia

domingo, 16 de junho de 2013 - 11:04 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio do Projeto Cooperar, instituiu o Prêmio ‘Ana Primavesi de Agroecologia’, que visa distinguir personalidades nacionais e estrangeiras que tenham se destacado por excepcionais serviços prestados à promoção de iniciativas exitosas, voltadas para o desenvolvimento sustentável com foco na agroecologia, na perspectiva da construção de uma sociedade mais justa e próspera e para a preservação do meio ambiente na Paraíba. As inscrições já estão abertas.

Este prêmio representa síntese ou patamar de um trabalho programado e consequente. Ele ajudará a por na “vitrine econômica”, por exemplo, a produção agroecológica da irrigação coletiva de 12 comunidades do litoral e do sertão; do mel agroecológico de 25 comunidades em todo Estado e toda produção de frangos caipiras de vários municípios do entorno de Monteiro e Lagoa de Roça”, explicou o gestor do Cooperar, Roberto Vital.

De acordo com ele, os frangos caipiras serão criados sem antibióticos e hormônios indutores de crescimento, abatidos e beneficiados em abatedouros-frigoríficos tecnicamente projetados para que seus produtos obtenham certificação federal. Tudo isso com o selo de qualidade Ana Primavesi.

Inscrições – As inscrições serão feitas exclusivamente através do site www.cooperar.pb.gov.br e são gratuitas. Os trabalhos deverão ser verídicos e não terem sido premiados por outras instituições. O período é de 1º de junho a 31 de julho. O resultado dos trabalhos vencedores será conhecido no dia 15 de setembro. A solenidade de premiação está marcada para o dia 12 de outubro. A organização do Prêmio é da Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão e do Projeto Cooperar.

Poderão se candidatar ao Prêmio Ana Primavesi de Agroecologia as Associações/ONGs, universidades, instituições do setor público ou privado, cooperativas ou empresas mercantis, além de pessoas físicas que tenham realizado trabalhos no campo da agroecologia, capazes de gerar impacto pelo seu caráter inovador e, portanto, possam ser multiplicados no contexto da agricultura familiar.

Os vencedores de cada modalidade serão agraciados com diploma e troféu, além de receberem o Selo ‘Ana Primavesi de Agroecologia’, um distintivo pertencente ao Projeto Cooperar, que agregará valor aos produtos ou serviços da organização premiada.

Modalidades:

- Sustentabilidade em uso e conservação de solo

- Técnicas de captação, armazenamento e uso racional de águas

- Estratégia de recuperação de paisagens em áreas degredadas

- Estratégia inovadora de inserção mercadológica

- Técnica de produção agroecológica de alimento

Os concorrentes ao Prêmio deverão considerar os indicadores seguintes:

Dimensão Econômica – possibilidades de impactos positivos na renda; apresentar características de inovação; relação custo/benefício favorável; possibilidade de inclusão social dos envolvidos.

Dimensão ambiental – utilização sustentável dos recursos ambientais; contribuição à preservação ambiental; valorização do saber popular.

Dimensão social – promover impactos positivos na melhoria da qualidade de vida; considerar as relações de gênero, geração e etnia; configurar modelo de gestão participativa.