João Pessoa
Feed de Notícias

Governo cria 550 leitos hospitalares em dois anos

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013 - 10:14 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

O Governo do Estado fechou o segundo ano de gestão com um investimento de R$ 575 milhões no setor de saúde e criação de 550 leitos hospitalares. Somente em 2012, foram aplicados R$ 332 milhões, dos quais R$ 72 milhões em obras e aquisição de equipamentos.

Com parcerias com os municípios e o Governo Federal, o Estado ampliou e qualificou a assistência hospitalar em todas as regiões, obedecendo à lógica de levar o serviço de saúde o mais próximo possível às comunidades interioranas, e ao mesmo tempo desafogar os sistemas de atendimento de grandes cidades, como João Pessoa e Campina Grande.

O governo estadual firmou convênios que viabilizaram a manutenção de mais seis hospitais filantrópicos, garantindo o funcionamento de 105 leitos nos municípios de Uiraúna (27), Igaracy (22), Brejo dos Santos (20), Hospital de Desterro (8) e São Mamede (28).

Entre os hospitais regionais beneficiados está o de Guarabira, onde foram investidos R$ 70 mil para reformar e climatizar a UTI. A unidade de saúde atende mensalmente cerca de sete mil pessoas, realiza uma média mensal de 60 cirurgias eletivas, 220 partos e 15 mil exames.

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques, em João Pessoa, está sendo reformado e ampliado. Com investimento de R$ 1,5 milhão, a obra inclui aumento do número de leitos, melhoria na infraestrutura e suporte para cirurgias neurológicas e cardíacas.

Cardiologia – O Governo firmou convênio com a Associação Círculo do Coração de Pernambuco para ampliar o número de cirurgias cardíacas infantis. Foi criada a Rede de Cardiologia Pediátrica (RCP) para fazer a triagem e o diagnóstico, e realizar cirurgias em crianças com doenças cardíacas congênitas complexas, assim como possibilitar o diagnóstico de cardiopatias fetais.

A rede tem o Hospital Arlinda Marques e mais 12 maternidades, cobrindo cerca de 90% do número de crianças nascidas na Paraíba. As cidades onde estão as unidades de saúde da rede são João Pessoa, Picuí, Monteiro, Esperança, Itaporanga, Guarabira, Campina Grande, Sousa, Patos e Cajazeiras, que passam a ser referência para o Estado.

Em um ano, a RCP avaliou 15 mil crianças, realizou 300 ecocardiogramas, mil consultas e exames, e 100 cirurgias; identificou cerca de 250 cardiopatias em neonatos; treinou enfermeiros, médicos neonatologistas, intensivistas, pediatras e ultrassonografistas.

 

Novos leitos/2012

Maternidade Peregrino Filho (Patos)……………………………..55

Unidade de AVC (Patos)………………………………………………4

UTI no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa…..8

Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande……..58

Hospital Alice de Almeida (Sumé)………………………………..34

Hospital Materno Infantil de Sousa……………………………….20

Complexo de Pediatria Arlinda Marques (João Pessoa)…….13

Hospital Distrital de Taperoá……………………………………….47

 

Cobertura e serviços

Hospital de Trauma de JP………….aquisição de ultrassonograia Doppler colorida

Hospital General Edson Ramalho…..integra Projeto Rede Cegonha

Maternidade Peregrino Filho (Patos)…..cobre população de 905 mil pessoas de 90 cidades

Hospital municipal Alice de Almeida (Sumé)….cobre 70 mil pessoas de 13 cidades

Hospital de Taperoá………………….cobre 82 mil pessoas de 10 cidades

Reinício das obras da Unidade Mista de Damião…..assistência a cinco cidades

Melhorias no Hospital Regional de Cajazeiras

Inauguração do Centro Cardiológico de Diagnóstico por Imagem de Pombal

Doação de acelerador linear ao Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa

Convênio com Imip-PE para exames de diagnóstico do câncer (R$ 456 mil)

 

Convênios/repasse de verbas

Hospital de São Mamede…………………………………………………………….R$ 458 mil/ano

Fundação de Assistência Hospitalar de Igaracy……………………………….R$ 384 mil/ano

Hospital Menino Jesus (Uiráuna)……………………………………………….R$ 299,6 mil/ano

Ass. Beneficente Côn. Manoel Vieira (Uiraúna)…………………………..R$ 264,4 mil/ano

Ass. Beneficente de Ass. à Maternidade (Brejo dos Santos)…………….R$316,8 mil/ano

Hospital Ana Nunes e Maternidade Tereza Alves Ferreira (Desterro)… R$ 951 mil/ano

Contrapartida para anestesiologistas e manutenção do Napoleão Laureano…R$ 382  mil