Fale Conosco

8 de outubro de 2015

Governo convida prefeituras e irrigantes do baixo rio Paraíba para discutir reserva hídrica



O Governo do Estado, por meio da Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), convida prefeituras e irrigantes do baixo curso do rio Paraíba para discutir a reserva hídrica na região. O encontro vai ser realizado nesta sexta-feira, às 9h, no ginásio municipal de esportes de Salgado de São Félix, localizada a 90 quilômetros de João Pessoa.

Durante o encontro, o presidente da Aesa, João Fernandes, vai apresentar a situação dos açudes monitorados pelo Governo do Estado e explicará as limitações dos recursos hídricos na região do baixo curso do rio Paraíba. “Entre os assuntos que serão discutidos está a taxa de abertura da comporta de Acauã. A barragem tem capacidade para 253 milhões de metros cúbicos, mas atualmente está com 15,9%, ou seja, pouco mais de 40 milhões”, alertou.

Foram convidadas para o encontro, as prefeituras de Itabaiana, Salgado de São Felix, Mogeiro, Pilar, Itatuba, São José dos Ramos, São Miguel de Itaipu e Juripiranga. Além de representantes do Ministério Público, da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap).

“Estamos compartilhando as informações sobre o nível dos açudes com as prefeituras e demais órgãos do Governo do Estado, trabalhando de forma integrada para garantir o abastecimento da população. É importante que saibam que dos 124 reservatórios que fazemos a gestão do uso das águas, apenas 42 estão com capacidade armazenada superior a 20%, 36 com menos de 20% do seu volume total e 46 com menos que 5%”, elencou João Fernandes.