João Pessoa
Feed de Notícias

Governo conclui missão do projeto PB Rural Sustentável junto ao Banco Mundial

terça-feira, 19 de janeiro de 2016 - 16:25 - Fotos: 

O Projeto Cooperar concluiu, nessa sexta-feira (15), a última missão de preparação do projeto PB Rural Sustentável antes da assinatura de acordo de empréstimo entre o Governo e o Banco Mundial, cuja efetivação deve ocorrer até início de abril. O Projeto PB Rural Sustentável, uma parceria do Governo do Estado (via Cooperar) com o Banco Mundial, destinará, até 2022, US$ 80 milhões para investimentos produtivos, de abastecimento d’água e outras áreas. Serão beneficiadas 165 mil pessoas de comunidades rurais.

Durante uma agenda de trabalho de cinco dias, técnicos do Projeto Cooperar e do BM discutiram os tipos de projetos que serão implementados, orçamento, envolvimento de instituições parceiras, cronograma de execução do PB Rural Sustentável, metas, indicadores, sustentabilidade dos investimentos de água, sistema de redução de risco agroclimático, e outros aspectos.

Ao discutir a carta-consulta, objeto de formalização do acordo de empréstimo, o Governo do Estado assegurou os valores destinados à contrapartida financeira do projeto durante a vigência do contrato junto à executiva do Banco Mundial.

Num dos principais componentes do projeto – denominado ‘Acesso à Água e Redução da Vulnerabilidade Agroclimática’, serão implantados 1.093 projetos de convivência com a estiagem, como sistemas de abastecimento d’água, abastecimento e armazenamento de água para a produção agrícola e pecuária, diversificação da produção agropecuária e gestão dos recursos naturais.

A novidade no PB Rural Sustentável será o financiamento de 170 alianças produtivas com obras, bens e serviços, onde as organizações de agricultores serão estimuladas a implantar seu próprio negócio com a garantia de venda da sua produção para o mercado formal e informal, previamente acordado entre vendedor e comprador, seguindo as especificações do mercado.

A missão de preparação do projeto também teve a participação da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), Cagepa, Aesa e Cinep, Banco do Nordeste e Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep).

O secretário executivo do Projeto Cooperar, Roberto Vital, disse que o PB Rural Sustentável foi o único projeto do Banco Mundial no Brasil com carta consulta e autorização de financiamento liberado pelo Governo Federal. “É uma vitória, sobretudo, porque a metade do projeto está comprometida com as ações de acesso à água e redução da vulnerabilidade agroclimática”, destacou.

Roberto Vital lembrou ainda que 1/4 dos valores do PB Rural Sustentável será investido em alianças produtivas enquanto fomento de até 70% aos empreendedores, comprometidos em adiantar 30% dos investimentos nessas iniciativas.