João Pessoa
Feed de Notícias

Governo comemora Dia Mundial da Atividade Física na Capital

terça-feira, 8 de abril de 2014 - 08:46 - Fotos: 

Nessa segunda-feira (7) foi comemorado o Dia Mundial da Saúde e no domingo (6), o Dia Mundial da Atividade Física. Para comemorar as datas, o Ministério da Saúde sugeriu que os estados promovessem um dia de atividades que integrassem os dois temas. Na Paraíba, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), em parceria com o Serviço Social do Comércio (SESC), Secretaria de Estado da Educação e Serviço Social da Indústria (SESI), promoveu uma ação na Praça da Paz, no Bancários, em João Pessoa, das 16 às 19 horas.

Foram instaladas tendas com vários serviços e informações sobre a importância de adotar uma vida saudável com o objetivo de evitar doenças que surgem com os maus hábitos a exemplo da hipertensão, obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.

Dona Mara da Silva, de 61 anos, ouviu com atenção as explicações dos estagiários de nutrição do SESC que mostraram a quantidade de açúcar, gordura e sal em alguns dos alimentos mais consumidos a exemplo do refrigerante em lata que tem seis colheres (chá) de açúcar; macarrão instantâneo, uma colher (chá) de sal; caldo de carne em cubo, uma colher (chá) de sal e batata frita, duas colheres (sopa) de óleo para cada 100 gramas.

Em seguida, foi apresentada a alimentação saudável a base de muitas frutas, verduras, cereais e água. “Nunca me canso de saber sobre esse assunto. Por conta de uma gastrite, que descobri há 10 anos, resolvi mudar minha alimentação e comecei a fazer caminhada, corrida e exercícios físicos. Hoje minha gastrite reduziu em 50% e me sinto muito bem, em todos os sentidos”, disse Mara.

Jussara Grymuza, de 60 anos, também faz atividade física diariamente, na Praça da Paz. “Meus filhos se casaram e eu fiquei sozinha em casa. Para preencher meu tempo faço caminhada e exercícios todos os dias, além de ter uma alimentação saudável. Não tenho nenhuma doença. Atividades como esta, que estimulam uma vida com mais saúde, deveriam acontecer mais vezes”, sugeriu.

O agente da Polícia Federal Carlos José de Queiroz, 70, também frequentador assíduo da Praça da Paz elogiou a ação. “Muito bom porque estimula mais a prática da atividade física. Confesso que caminhar e fazer exercícios sozinho, ás vezes, dá preguiça”, disse.

De acordo com a programação do evento, que teve como tema Quem busca qualidade de vida não pode ficar parado”, além de orientação nutricional, houve aulão de alongamento; circuito de atividade física; apresentações culturais e folclóricas; trio de forró do SESC; distribuição de material educativo e de prevenção da DST/AIDS: preservativos masculino e feminino e gel lubrificante; divulgação dos locais de atendimento para tratamento do fumante; exposição do laboratório do mosquito da dengue, orientações e distribuição de material educativo sobre a doença; estímulo a cultura de paz e educação de trânsito.

Nós atingimos a expectativa de trazer a comunidade, desde as crianças até os idosos, para o estímulo da atividade física e da alimentação saudável. Queremos chamar atenção para a atividade física como forma de prevenção e promoção da saúde e não como uma questão de estética”, falou Gerlane Carvalho, gerente do Núcleo de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, da SES.