João Pessoa
Feed de Notícias

Governo celebra parceria para incentivar doação de leite humano

segunda-feira, 29 de março de 2010 - 11:41 - Fotos: 
O Centro de Referência de Banco de Leite Humano Anita Cabral (Ceblhanc), em João Pessoa, órgão da Secretaria de Estado da Saúde (SES), firmou uma parceria com a Sociedade Paraibana de Pediatria, para ampliar o número de mães doadoras, aumentando o estoque de leite e ajudando a salvar mais bebês internados nas unidades de terapia intensiva (UTI) e nas unidades de cuidados intensivos (UCI).
 
O termo de colaboração foi assinado este mês e vai proporcionar, a partir da primeira semana de abril, o desenvolvimento de mais um projeto: ‘Aleitamento Materno nas Clínicas de Pediatria’.

A partir do próximo mês, os técnicos do Centro de Referência estarão visitando as clínicas para conversar com os funcionários e marcar os treinamentos. “Essas pessoas serão capacitadas a incentivar e conscientizar as mães sobre a importância do aleitamento materno e sobre como fazer a ordenha.

Os profissionais também vão orientar as mulheres sobre os procedimentos a serem tomados quando acontecer uma intercorrência mamária. Fazendo esse trabalho, os funcionários das clínicas serão nossos colaboradores”, disse a diretora do centro, Socorro Amaro.

Ela explicou que, com mais esse novo projeto, o Anita Cabral leva para os consultórios médicos um trabalho de incentivo ao aleitamento materno e apoio às mães gestantes, puérperas e lactantes, nas cidades que possuem bancos de leite humano (João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras e Patos).

“Vamos dar mais suporte às nutrizes para que elas possam entender a superioridade do leite materno, como fonte de afeto, de alimento e de proteção contra doenças. Esse trabalho de conscientização e incentivo será feito por meio de palestras, seminários e outros mecanismos de divulgação. Será dado todo o apoio necessário para a coleta do excedente do leite e repassadas as informações necessárias para uma boa amamentação”, explicou.

Mães doadoras – O Centro de Referência de Banco de Leite Humano Anita Cabral conta com cerca de 150 doadoras, mas sempre no período de dezembro a fevereiro, o número de coletas sofre uma queda significativa, porque muitas mães viajam de férias com os filhos.

 “Temos que manter o nosso estoque de leite regular para que as crianças não fiquem desassistidas. Por isso, buscamos parcerias para conseguir novas doadoras e conscientizar outras mães sobre a importância do leite materno na vida do bebê”, disse Socorro Amaro.
Ela lembrou que o aleitamento materno exclusivo é uma das formas mais simples e eficazes de se combater a mortalidade infantil. E o melhor: sem custo algum. Mas o preconceito e a falta de informação privam muitos bebês deste benefício.
 
Parceiros – Para incentivar as mães a amamentar os filhos e se tornarem doadoras, o Centro de Referência Anita Cabral conta com o apoio de 34 parceiros. São seis empresas, cinco hotéis, dez escolas, 11 unidades de Saúde da Família (antigos PSFs), Corpo de Bombeiros e, agora, a Sociedade Paraibana de Pediatria. O trabalho inclui palestras, distribuição de material informativo e assistência às mulheres que desejam amamentar ou se tornarem doadoras.
 
Mudança – O Banco de Leite Humano Anita Cabral foi transformado em Centro de Referência de Banco de Leite Humano Anita Cabral (Ceblanc), através da Portaria 12010 assinada pelo secretário de Estado da Saúde, José Maria de França, e publicada no Diário Oficial do Estado, no último dia 10.

Segundo o documento, entre as competências do Centro de Referência estão constituir a Rede Paraíba de Bancos de Leite Humano e Postos de Coleta de Leite Humano; promover e apoiar a prática do aleitamento materno e operacionalizar o excedente da produção láctica das mães doadoras.
 
O Centro de Referência está vinculado à Gerência Executiva de Ações Programáticas e Estratégicas (Geape), por intermédio da Gerência Operacional de Alimentação e Nutrição (Goan), da Secretaria de Estado da Saúde. (SES).

Da Assessoria de Imprensa da SESPB