Fale Conosco

7 de março de 2012

Governo capacita técnicos dos Creas municipais para o enfrentamento à violência contra a mulher



A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), em parceria com a Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, debateu com cerca de 60 técnicos dos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas) municipais o enfrentamento à violência contra a mulher. O encontro aconteceu nessa terça-feira (6), no Teatro Paulo Pontes do Espaço Cultural, e serviu para marcar o mês alusivo às comemorações do Dia Internacional da Mulher.

Na ocasião, os técnicos participaram de uma Roda de Diálogos sobre Violência de Gênero e Política de Abrigamento. Duas palestras foram proferidas por Cândida Magalhães, da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh), e pela coordenadora Casa Abrigo Aryane Thaís, Dayane Dutra. Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer e obter informações da temática para melhor realizar os encaminhamentos.

Segundo a secretária de Desenvolvimento Humano, Aparecida Ramos, é de fundamental importância dialogar sobre violência de gênero com os profissionais que fazem o atendimento à mulher vítima de violência. “O enfrentamento à violência precisa ser feito de forma intersetorial, na perspectiva de construirmos relações verdadeiramente humanas”, frisou.

Proteção – Atualmente, o Governo do Estado disponibiliza uma Casa Abrigo, localizada em João Pessoa, para acolher as vítimas de violência que estão sendo ameaçadas. Para isso, a vítima tem que registrar a ocorrência.

 

Outras formas de atender a mulher vítima de violência são os Creas, que realizam atendimento multidisciplinar e encaminhamentos de acordo com a necessidade de cada caso. Na Paraíba, existem 92 Creas, sendo 72 municipalizados e 20 regionais.

 

“Este é um momento importante porque estamos debatendo a articulação da Rede de Atendimento à Mulher Vítima de Violência no Estado. Desta forma, estamos fazendo com que a população, e em especial, a mulher, tenha mais acesso a estes serviços”, frisou Madalena Dias, coordenadora estadual dos Creas.

 

Denúncias – A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher funciona na Avenida Pedro II, 853, Centro. No local, a vítima pode fazer a ocorrência disponibilizando de uma equipe preparada para tratar do assunto. Os telefones da Delegacia são 3218.5316 ou 3218.5317. O número nacional para denunciar qualquer tipo de agressão contra a mulher é o 180, que funciona 24h.

 

O Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, localizado na Rua Afonso Campos, em João Pessoa, também recebe denúncias e dá orientações às mulheres vítimas da violência da capital e dos municípios vizinhos como Bayeux, Santa Rita, Cabedelo e Conde. O telefone do centro é o 0800.283.3883.