João Pessoa
Feed de Notícias

Governo capacita militares em projeto de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti

quarta-feira, 20 de abril de 2016 - 16:56 - Fotos:  Ricardo Puppe

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES-PB), realizou, na manhã desta quarta-feira (20), na Vila Militar, em Bayeux, uma capacitação prática para 210 militares do 16º Batalhão de Infantaria Motorizado da Paraíba para o combate efetivo ao mosquito Aedes aegypti. As atividades começaram com aula teórica na manhã de terça-feira (19), em parceria com o Ministério da Saúde e o Exército Brasileiro.

“Estamos dando continuidade ao Plano Estadual de Combate ao Mosquito Aedes e também ao Plano Nacional de Enfrentamento à Microcefalia, juntamente com a força tarefa do Exército Brasileiro. Nosso objetivo nesta capacitação é orientar estes trabalhadores, passando informações sobre como os diversos tipos de criadouros dos mosquitos são formados, a maneira e a importância de eliminá-los com eficiência e rapidez”, informou o chefe do Núcleo de Fatores Biológicos da SES-PB, Antônio Neto.

Ele adiantou que os militares que receberam a capacitação entraram em maio no processo de enfretamento ao mosquito. “Hoje iniciamos a simulação de campo, pra colocar em prática o que foi abordado, discutido e assimilado de maneira teórica anteriormente. Nesta atividade eles podem ver como realmente funciona a abordagem aos moradores, como a vistoria deve ser feita, técnicas de incubagem, além do uso do larvicida. Esta parceria é sempre muito bem vinda”, disse ele. A nova equipe de militares começa a trabalhar efetivamente no combate ao Aedes no dia 28 de abril, quando se inicia o terceiro e, depois, o quarto ciclos de visitas aos imóveis – na região metropolitana de João Pessoa e mais oito municípios do Alto Sertão paraibano.

O sargento Viegas, do 16º Regimento da Cavalaria Mecanizada, conduziu os soldados nas atividades de simulação de campo e avaliou positivamente a parceria com o Governo do Estado. “Esta parceria é muito importante porque reflete diretamente na nossa população, aumentando o envolvimento do Exército com os cidadãos. A missão do exército é reforçar a ação dos agentes de saúde e, como não é uma ação que está normalmente em nossa rotina, é importante qualificar nossos profissionais para que eles tenham conhecimento e executem as atividades corretamente”, pontuou.

Um dos imóveis visitados nesta manhã de simulação de campo foi a casa da assistente social Olanilda Ferreira. “Eles estão fazendo um trabalho muito bonito. A orientação sobre a prevenção e combate ao mosquito Aedes é muito importante. Sempre vi na televisão as notícias de visitas aos imóveis e me senti premiada ao receber a equipe em minha casa. Quando se trata de saúde e do bem estar da comunidade, ficamos muito felizes em poder cooperar”, afirmou.