Fale Conosco

1 de setembro de 2009

Governo busca recursos para 2ª Etapa da Transposição Litorânea



O Governo do Estado será representado pelo secretário de Infraestrutura, Francisco Sarmento, nesta quarta-feira (02), no Palácio do Itamaraty, em Brasília, durante cerimônia de anúncio de novos projetos no âmbito do “Programa Saneamento para Todos" – Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental, com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.

Durante o evento, a expectativa do secretário, é de que seja confirmado o pleito do governador José Maranhão apresentado à ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, por ocasião da audiência ocorrida em 24 de junho, quando a ministra sinalizou positivamente para a Translitorânea, tendo em vista, a nova dinâmica executiva do PAC na Paraíba a partir de fevereiro de 2009.

A Transposição Litorânea tem sua primeira etapa atualmente em execução no âmbito do PAC e levará água tratada para mais de 1,5 milhão de pessoas na grande João Pessoa, além de Santa Rita, Bayeux, Cabedelo e Conde, com um investimento de cerca de 85 milhões de reais.  Para a segunda etapa, espera-se a confirmação de um financiamento da ordem de 50,2 milhões, suficientes para a construção de mais duas barragens e dois sistemas de captação e adução que irão integrar-se ao sistema da 1ª etapa.

Segundo o secretário Sarmento, que acumula a Gerência Estadual do PAC na Paraíba, em apenas seis meses o programa saltou de nível de execução de menos de 3% para mais de 33% nos 24 projetos que o integram, tendo sido o primeiro deles, o abastecimento de água das praias do Seixas e Penha, que foi inaugurado pelo Governo do Estado, na última sexta-feira.
 
“No atual governo, a Transposição Litorânea em sua primeira etapa já acumula um nível de execução superior a 40%. Trata-se da maior obra de abastecimento de água executada na Paraíba nos últimos 20 anos”, destacou Sarmento, responsável à época do governo Maranhão II, pela elaboração do Projeto Básico da obra atualmente em execução.

O secretário demonstrou confiança de que o Governo Federal venha a confirmar o financiamento da 2ª etapa do empreendimento nesta quarta-feira “visto que tratar-se de uma obra que garantirá água por mais de 20 anos para a capital do estado e mais quatro municípios. No caso de João Pessoa, o principal sistema de abastecimento, o Gramame-Mamuaba, já teve seu horizonte de atendimento extrapolado, pois foi projetado para atender a capital até o ano 2000.”.

Francisco Sarmento enfatizou ainda, que com a Transposição Litorânea, problemas de desabastecimento como os ocorridos na última grande seca de 1997/1999, quando poços precisaram ser perfurados na capital emergencialmente para minorar os problemas da falte de água, não mais voltaram a acontecer.

Além da reunião no Palácio do Itamaraty, a agenda do secretário em Brasília inclui ainda, o Projeto de Derrocamento e Desassoreamento do Porto de Cabedelo a ser tratado na Secretaria Especial de Portos da Presidência da República, além, da liberação de recursos para a reconstrução dos danos causados pelas chuvas torrenciais caídas em Patos no mês de abril.

Marcela Gabínio, da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Infraestrutura