Fale Conosco

12 de janeiro de 2014

Governo avalia ações de vigilância sanitária nos municípios do Litoral



O Governo da Paraíba, por meio da Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa-PB) promove, nesta segunda-feira (13), uma reunião com representantes das vigilâncias sanitárias municipais de Cabedelo, Conde, Pitimbu, Mataraca, Baía da Traição e Lucena. O encontro será realizado, às 9h, no auditório da Agevisa-PB, na Avenida João Machado, nº 109, no Centro de João Pessoa, e terá a participação de todos os diretores e gerentes da autarquia estadual, segundo confirmou a diretora geral da Agência, Glaciane Mendes.

Durante a reunião, serão discutidos os procedimentos relacionados ao monitoramento das pactuações com os representantes das cidades participantes. “A medida é necessária, tendo em vista que esses municípios recebem durante o verão um número elevado de pessoas. Assim, nós pretendemos estabelecer um diálogo mais próximo com as Visas municipais para ampliar, com isso, nossa capacidade de promoção e proteção da saúde da população, tanto dos turistas quanto dos moradores”, explicou o gerente técnico de Integração e Articulação da Agevisa-PB, Laerge Cerqueira.

Entre os temas que serão debatidos estão a estrutura do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária, os termos de pactuação e ações realizados, além de projetos de capacitação junto aos municípios. “Esses projetos de capacitação são de extrema importância e fazem parte do nosso planejamento estratégico envolvendo todas as nossas áreas de atuação”, observou Glaciane Mendes. Ela acrescentou que as capacitações serão realizadas durante todo ano de 2014.

“A Agevisa pretende proporcionar e repassar aos municípios conhecimento e ferramentas para a correta descentralização dos serviços de vigilância sanitária”,enfatizou a diretora geral. A capacitação dos recursos humanos e a organização dos serviços de vigilância sanitária nos municípios, segundo ela, fazem parte do compromisso da Agevisa-PB com a descentralização, que deve ocorrer de forma responsável. “Vamos continuamente realizar, de forma integrada, ações educativas que influenciem na mudança de comportamento da população, com o objetivo de assegurar melhor qualidade de vida aos cidadãos de toda a Paraíba”, finalizou.