João Pessoa
Feed de Notícias

Ricardo autoriza obras de adutoras em Pocinhos e São José da Mata

sábado, 24 de agosto de 2013 - 16:06 - Fotos:  Claúdio Goes/SECOM-PB

O governador Ricardo Coutinho assinou, neste sábado (24), em duas solenidades, as ordens de serviço para a construção do sistema adutor de Pocinhos e do Distrito de São José da Mata, em Campina Grande. Ele também anunciou para o próximo mês a abertura dos envelopes da licitação para as obras de restauração da Estrada da Batatinha e da rodovia que liga São José da Mata ao município de Puxinanã.

A primeira solenidade aconteceu na feira central da cidade de Pocinhos e, a segunda, na Escola de Artes Áurea Moura Ribeiro, em São José da Mata. Ricardo disse que a adutora é mais um compromisso de seu governo em levar água tratada e desenvolvimento para mais 28 mil habitantes. A adutora será no prazo de 18 meses. “Com esta obra, vamos concluir 738 km de adutora em todo o Estado, levando água para todas as regiões e proporcionado melhoria na qualidade de vida”, ressaltou Ricardo.

O sistema consiste na construção de uma adutora com 25 km de extensão, além de três estações elevatórias de água tratada e quatro reservatórios de água tratada. Serão investidos mais de R$ 14 milhões, oriundos do Governo do Estado e do Governo Federal, por meio do PAC Estiagem. Ricardo também anunciou a liberação de R$ 400 mil para a conclusão das reformas do Hospital Municipal, por meio do Pacto Social.

Por sua vez, o vice-governador Rômulo Gouveia disse que foi testemunha ao longo dos anos da luta da população de Pocinhos e do Distrito de São José da Mata por conta da falta de água. “Sensível a este sofrimento, o governo está investindo quase R$ 15 milhões nessa obra estruturante que vai regularizar o abastecimento, proporcionar desenvolvimento e dignidade humana”, frisou.

Já o secretário de Recursos hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, destacou que a adutora e as estações elevatórias beneficiarão não somente a zona urbana, mas também várias comunidades rurais. Segundo ele, a antiga adutora de Pocinhos hoje já não dá conta da demanda devido ao crescimento da população.

Repercussão – O secretário de Governo, Adriano Galdino, destacou que a história da cidade de Pocinhos se dividirá antes e depois da construção do sistema adutor. “Hoje é um dia histórico para a cidade que começa a ver concretizado o sonho de ver a água jorrar nas torneiras. Já em setembro, veremos também a melhoria das estradas para o escoamento da produção da batatinha e do sisal. Essas obras representam a redenção e a qualidade de vida da população de Pocinhos e região”, comemorou Adriano.

O prefeito de Pocinhos, Claudio Chaves, agradeceu ao governador Ricardo Coutinho pela obra: “Parabéns ao governador, o povo de Pocinhos será grato eternamente por esta obra”, festejou Cláudio. O deputado Doda de Tião também manifestou seu agradecimento ao governo e destacou que a obra será um marco histórico para Pocinhos.

O secretário da Articulação Municipal, Manoel Ludgério, disse que o distrito de São José da Mata ganhou sua primeira adutora há 29 anos e com o crescimento da população enfrenta graves problemas no abastecimento. “Por isso, o novo sistema adutor vai resolver em definitivo o problema da água em São José da Mata, garantindo também desenvolvimento para as próximas décadas”, comentou Ludgério.

A solenidade de assinatura das obras em Pocinhos foi bastante prestigiada e contou também com as presenças do secretário da Interiorização da Ação do Governo, Moacir Rodrigues Barbosa, do presidente da Famup, Buba Germano, da deputada Gilma Germano, e pelos prefeitos de Montadas, Jairo Herculano; e de Olivedos, Grigório de Almeida; além de secretários de Estado, de José Araújo, representando o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, e vereadores.

Estradas– O governador Ricardo Coutinho também anunciou para o dia 10 de setembro a abertura dos envelopes da licitação para restauração da Estrada da Batatinha, PB-121 no Trecho Esperança, Areial, Pocinhos, ligando à BR-230 (no valor de R$ 8,7 milhões) e da PB-115, ligando Puxinanã a BR-230 e a Montadas (R$ 4 milhões).