Fale Conosco

14 de maio de 2014

Governo atende mulheres do campo vítimas de violência doméstica em Cajazeiras



As unidades móveis de atendimento às mulheres trabalhadoras do campo e da zona rural vítimas de violência doméstica prestarão serviço, na próxima segunda-feira (19), na comunidade Divinopólis, na zona rural de Cajazeiras, e no Distrito Antônio Paulo, em Bernadino Batista. As duas unidades oferecerão atendimento psicossocial, jurídico, orientação e palestras também nas cidades de Bonito de Santa Fé, no dia 20, em Cachoeira dos Índios, no dia 21 e no sítio Braga, em Monte Horebe, no dia 22.

A promoção é do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana. As unidades móveis foram entregues ao Governo do Estado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), dentro do programa “Mulher, Viver sem Violência”.

Segundo a secretária da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Soares, o calendário de atendimento continua permanente. Também será realizada a capacitação sobre Gênero e Violência Doméstica com representantes dos 15 municípios que compõem a 9ª Regional.

Dentro das unidades, será disponibilizado atendimento de delegados, promotores, juízes, psicólogos e assistentes sociais. “A Secretaria de Segurança, Ministério Público e Tribunal de Justiça são parceiros e estão designando profissionais para o atendimento móvel”, disse Gilberta.

Calendário

19/05 - Manhã – Cajazeiras: Comunidade Divinopólis 

Tarde – Bernadino Batista, no Distrito Antônio Paulo

20/05 - Tarde- Bonito de Santa Fé, na Comunidade Vila São Luis (em frente a UBS)

21/05 - Manhã – Cachoeira dos Índios, na Comunidade Impueiras

22/05 - Manhã – Monte Horebe, na Área Rural Sitio Braga