João Pessoa
Feed de Notícias

Governo assina TAC com abatedouro para garantir qualidade na carne consumida na região de Campina

quinta-feira, 25 de maio de 2017 - 17:20 - Fotos:  Divulgação

O secretário de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Rômulo Montenegro, assinou, nessa quarta-feira (24), no auditório da Sociedade Rural, no Parque de Exposição Carlos Pessoa Filho, em Campina Grande, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Abatedouro Alípio Elói LTDA, de propriedade da empresária Rosana Barros Eloi, para regularização e funcionamento com a obrigação de garantir qualidade na produção e no abate para o consumo de carnes em Campina Grande e região.

A assinatura do TAC faz parte da programação da 50ª Exposição Paraibana de Animais e Produtos Industriais que está ocorrendo até domingo (28). O Termo de Ajustamento de Conduta tem o objetivo de inspecionar previamente  toda a parte sanitária para os produtos de origem animal, que também é competência dos estados no que se refere os termos da Constituição Federal.

O secretário Rômulo Montenegro lembra que, há menos de um ano, o Governo assinou um Termo de Ajustamento de Conduta com os abatedouros Procarne e Honorato & Araújo Ltda – Abatedouro Dois Irmãos, para disciplinar o funcionamento e fornecimento de carnes da região metropolitana de João Pessoa e esta ação tem sido fundamental para que outras regiões do Estado também sejam contempladas.

“Estamos trabalhando muito desde 2011 para que o Estado alcance resultados na cadeia da agropecuária. Fizemos a formalização do setor e em 2016 apenas o estado da Paraíba apresentou números positivos no abate de bovinos: tivemos um crescimento de 8,7 por cento em relação a 2015”, ressaltou Rômulo, destacando a importância da assinatura do TAC durante a realização da exposição, “onde há uma convergência de propósitos entre os criadores, associações e demais entidades que buscam melhorias e engrandecimento para setor agropecuário”.

O procurador de Justiça, Francisco Sagres, presente à solenidade de assinatura do TAC, disse que estava contente em ver que o Estado está no caminho certo e que o Ministério Público não quer e nem vai atrapalhar ações que melhoram a vida dos cidadãos. “Defender os direitos legítimos da população e a alimentação com as condições sanitárias ideais é básico e fundamental. Estou aqui para presenciar uma louvável ação do secretário Rômulo”, comentou.

Estiveram presentes no ato da assinatura o deputado estadual Adriano Galdino; o presidente da Sociedade Rural, Josenildo Alcântara de Sousa; o gerente da Defesa Agropecuária, Rubens Tadeu; o chefe de Gabinete da Sedap, João Ágrima, representantes do abatedouro Alípio Eloi Ltda; do Sebrae; do Banco do Nordeste; Lucino Bezerra, da ABCZ; Pedro Martins, da Apacco; e representante da OCB.