Fale Conosco

20 de novembro de 2013

Governo assina convênio da Rede Escola SUS com instituições de ensino



A Secretaria de Estado da Saúde, por meio do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor-PB), assina nesta quinta-feira (21) convênio com instituições de ensino para estabelecer as condições de concessão de estágios, pequisas e extensão nos serviços de saúde da rede estadual. O evento acontecerá no auditório de Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional da Universidade Federal da Paraíba, na capital, a partir das 08h30.

Em parceria com os serviços estaduais de saúde e com as instituições de ensino conveniadas, a Rede Escola SUS – PB busca identificar espaços de integração ensino-serviço considerando que os mesmos são cenários privilegiados de prática; aperfeiçoar o processo de formação dos profissionais de saúde; estimular a educação permanente dos profissionais dos serviços e do processo contínuo de melhoria de qualidade de vida dos usuários, numa perspectiva de formar no SUS, para o SUS e pelo o SUS”, explicou Pedro Alberto Lacerda Rodrigues, coordenador da Rede Escola SUS – PB.

Por sua vez, o diretor geral do Cefor-PB, Volmir Brutscher, disse que “diante do entendimento de que o SUS deve ser ordenador da formação dos trabalhadores de saúde, o Cefor-PB, enquanto gestor da educação permanente no Estado e, a partir da política da Rede Escola SUS, busca consolidar a relação ensino-serviço, como estratégia para unir a formação em saúde às necessidades do SUS entendendo o papel que o sistema tem de formador e não apenas de simples espaço para campo de práticas”.

A Política Nacional de Educação Permanente em Saúde é o caminho para a composição e efetivação de uma Política da Rede Escola SUS no Estado da Paraíba, sendo ela um espaço de aprendizagem permanente, onde professores, estudantes e profissionais dos serviços de saúde, buscarão planejar, pactuar e acompanhar as atividades acadêmicas de estágios, de extensão e de pesquisas desenvolvidas nos serviços de saúde do estado.

Os cenários de aprendizagem se constituem a partir de um movimento que articula a gestão da formação em saúde no Estado, o conjunto da rede de serviços e as instituições de ensino, na perspectiva de firmar parceria para constituir um espaço de aprendizagem permanente, uma Rede de Serviço Escola.