João Pessoa
Feed de Notícias

Governo apresenta projeto de combate à violência sexual infantil a gestores municipais

segunda-feira, 11 de abril de 2016 - 10:33 - Fotos: 

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), apresentou, na sexta-feira (8), o Projeto Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes à Comissão Intergestores Bipartite (CIB). O Projeto, de caráter interventivo, faz parte da campanha Seu Silêncio Marca Uma Vida. Nas redes sociais, a iniciativa tem ganhado visibilidade com as hashtags #NãoTáTranquilo, #NãoTáFavorável. Durante a apresentação foi distribuído material sobre a campanha com os participantes de vários municípios paraibanos.

A gerente da Proteção Social Especial, Gabrielle Andrade, agradeceu a parceria dos gestores municipais em levar a ação para os municípios. “Preparamos um material em DVD com várias atividades educativas e lúdicas para que possa ser utilizado por todos os gestores parceiros, de forma a otimizar ainda mais o leque de ações que devem ser tomadas para proteger nossas crianças e adolescentes”, acrescentou. Participou ainda da reunião a gerente-executiva da Assistência Social da SEDH, Patrícia Oliveira.

Cronograma de atividades – A Sedh traçou um cronograma de atividades para mobilizar à sociedade no enfrentamento à violência contra crianças e adolescentes. Em março, as equipes percorreram os Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas Regionais) da Paraíba levando material educativo para ser trabalhado com o público-alvo.

Patrícia Oliveira ressaltou a importância de outros canais na campanha. “O material também será disponibilizado no Portal do Governo do Estado, o link da Secretaria do Desenvolvimento Humano para o acesso de toda a sociedade. Teremos ainda palestras e um momento com a imprensa, para que possamos atualizá-los com os canais de denúncia, assim como as nomenclaturas e atividades que existem para diminuirmos os dados de abuso e exploração sexual infantil na Paraíba”, disse.

Entre os canais de denúncia está o Disque Estadual 123, que atende às ligações de forma sigilosa, fazendo o encaminhamento das vítimas para os serviços necessários.

Neste mês de abril, a mobilização ocorre de forma mais intensa com a parceira de Conselhos Tutelares e Organizações Não Governamentais dos municípios paraibanos.A meta é atingir a Rede de Garantia de Direitos, formada por escolas e associações.

Outra ação será a realização de palestras que abordarão o enfrentamento à violência sexual infantil para os profissionais que trabalham com infância e juventude.

Material educativo – Todo material do projeto interventivo está em um DVD, que vem sendo distribuído e será disponibilizado também no site da SEDH neste mês.

O material tem atividades específicas para serem trabalhadas com crianças, como caderno de atividades, pinturas, histórias e brincadeiras. Há uma linguagem própria para adolescentes, obtida por meio de filmes, de músicas e jogos de perguntas e respostas.

O DVD conta ainda com informações sobre o Disque 123, ferramenta que recebe a denúncia por telefone de forma sigilosa e faz o encaminhamento mais rápido para atender a vítima, além de monitorar os casos. O Disque 123 funciona em toda a Paraíba atendendo todo tipo de direito violado.